Visita a Limpeza e desobstrução de Ribeiras

O Secretário Regional dos Assuntos Parlamentares e Europeus irá visitar no próximo dia 30 de Novembro, pelas 14h30, os trabalhos de limpeza e desobstrução que têm vindo a ser feitos nos últimos meses nos troços a montante das ribeiras do Funchal. 25-11-2016 Assuntos Parlamentares e Europeus
Visita a Limpeza e desobstrução de Ribeiras  O trabalho realizado refere-se às intervenções  de corte e limpeza de vegetação arbórea colapsada no leito Fluvial. De 16 de Setembro a 4 de Novembro, por exemplo, decorreu uma intervenção deste género  na Ribeira do Lazareto. 
Recorde-se que a equipa de operacionais de ribeiras do Governo Regional já realizou neste ano de 2016 cerca de 30 intervenções de limpeza e desobstrução nas diferentes ribeiras da Ilha. Esta equipa é composta por cerca de 10 elementos, que normalmente operam em conjunto.  O Governo recorda que a limpeza e desobstrução de linhas de água é um dever de todos, dos cidadãos, dos proprietários de terrenos e das diferentes entidades com competência nesta matéria, e se juntos conseguirmos pôr em prática o princípio fundamental da cooperação no domínio da gestão preventiva do risco, estaremos todos a trabalhar para mitigar o fenômeno das cheias.

Todo o trabalho que fizermos para manter as linhas de água limpas será sempre pouco, atendendo às características e densidade da rede hidrográfica.

Em breve vai ser lançado no terreno um procedimento de limpeza de linhas de água, sobretudo para resolver situações mais críticas de obstrução, nomeadamente junto a passagens hidráulicas e pequenos conjuntos urbanos em situação de maior risco.

Ainda no âmbito das Limpezas de Linhas de Água, tendo presente a importância estratégica da sensibilização para uma cultura de gestão preventiva do risco, a SRAPE tomou a iniciativa de lançar uma campanha informativa, feita pela positiva, de forma simples, fácil de entender, procurando realçar que uma Ribeira Limpa é uma Ribeira mais segura.

A intervenção que o Secretário irá visitar será a do Ribeiro da Nora, no Caminho do Pomar, chamando a atenção para os numerosos trabalhos que têm vindo, e que continuarão, a ser feitos nas linhas de águas por forma a desobstrui-las a montantes, mitigando os riscos de acumulação de sólidos e águas e naturais consequências.


Anexos

Descritores