Madeira acompanha tendência nacional nas médias das Provas Finais de Português e Matemática

Provas Finais de 3.º Ciclo do Ensino Básico envolveram na Região um total de 2.516 alunos nas provas de Português e 2.528 nas provas de Matemática, distribuídos por 31 estabelecimentos de ensino e enquadrados por 135 professores. 12-07-2016 Educação
Madeira acompanha tendência nacional nas médias das Provas Finais de Português e Matemática

  

1. A Secretaria Regional de Educação tomou conhecimento das Provas Finais de 3.º Ciclo do Ensino Básico, que envolveram na Região um total de 2.516 alunos nas provas de Português e 2.528 nas provas de Matemática, distribuídos por 31 estabelecimentos de ensino e enquadrados por 135 professores.

 

2. A taxa de aprovação em Português (conjugação do resultado da Prova Final com a classificação interna de escola), foi de 93%, mais dois por cento que no ano letivo 2014/15 e mais três por cento que em 2013/2014. Em Matemática, a taxa de aprovação foi de 67%, menos um por cento que no ano letivo 2014/15 e menos dois por cento que em 2013/2014.

 

3. Relativamente às médias obtidas nas Provas Finais, verificou-se um total de 56% em Português (menos um por cento que no ano letivo 2014/15) e de 44% em Matemática (igualmente menos um por cento que no ano letivo 2014/15). Estas percentagens replicam na Região a descida de 1% das médias de ambas as provas a nível nacional, comparativamente ao ano letivo anterior.

 

4. A percentagem de notas positivas na Prova Final de Português foi 72,6% e de 43,7% na Prova Final de Matemática. A percentagem de alunos com níveis 4 e 5 nas Provas Finais de Português foi de 23,1% (mais 0,5% que em 2014/2015); nas Provas Finais de Matemática essa percentagem foi de 21,8% (menos 0,9% que em 2014/2015).

 

5. Nas Provas Finais de Português Língua Não Materna – Nível de Iniciação, a média obtida foi 77% (mais 13% que em 2014/15) e de Português Língua Não Materna – Nível de Intermédio, a média obtida foi de 51% (menos 9% que em 2014/2015).

 

6. A Secretaria Regional de Educação divulgará em breve a análise detalhada dos dados constantes da presente nota, designadamente no que reporta à análise desses dados por escolas e concelhos.

 

 

Funchal, 12 de julho de 2016