Cibersegurança e Proteção de Dados - MadCyberWeek 2017

Com o foco na cibersegurança e na proteção de dados, decorrerá entre 6 e 10 de fevereiro no Funchal, a MadCyberWeek 2017, evento vocacionado para a sensibilização dos vários sectores da sociedade, desde a comunidade educativa, a administração pública e as empresas, para estes tópicos, assinalando-se desta forma o Dia da Proteção de Dados (28 de janeiro) e o Dia da Internet Mais Segura (7 de fevereiro). 03-02-2017 Finanças e da Administração Pública
Cibersegurança e Proteção de Dados - MadCyberWeek 2017

Sessões temáticas sobre segurança da informação em contexto de mobilidade, ameaças complexas no ciberespaço, riscos para a comunidade educativa – Internet Segura, proteção de dados pessoais, risco social e a internet das coisas, competitividade, cibersegurança e ciberdefesa, serão tópicos abordados por um conjunto de especialistas do mundo académico, empresarial e das forças armadas. 

A Madeira tem vindo a desenvolver um esforço, transversal na sociedade, no sentido de ultrapassar a insularidade e a ultraperiferia através da internet. Fazer parte da Sociedade em Rede e daí retirar vantagens, é o objetivo da presença online do sector público, das empresas e dos cidadãos. 

As tecnologias da informação e da comunicação (TICs), os fluxos e o processamento de informação aí suportados, permitiram a integração e o desenvolvimento das cadeias de valor em rede, através de estruturas mais flexíveis que tornam as organizações mais eficientes e eficazes. 

Às oportunidades, seguiram-se as ameaças e o ciberespaço tem vindo cada vez mais a ser palco de um volume crescente de ciberataques que, pela sua natureza disruptiva e destrutiva, comprometem a segurança da informação e o funcionamento das infraestruturas críticas das quais as sociedades modernas dependem. A gestão do risco social daí decorrente, tem vindo a impor a necessidade de sensibilizar os cidadãos e as organizações para esta problemática, de que o exemplo das eleições nos Estados Unidos e as alegadas interferências externas, são exemplo.

As instituições da União Europeia aprovaram em 2016 duas diretivas e respetivos regulamentos, para a segurança das redes de informação e também para a proteção de dados, o qual se encontra já em vigor mas que será aplicado obrigatoriamente a partir de 28 de maio de 2018, seja ou não feita, a transposição para o direito interno.

O impacto será muito significativo, mesmo disruptivo, se considerarmos matérias como o direito ao esquecimento, implicando processos de gestão do ciclo de vida dos dados, portabilidade, bem como o fim dos pedidos de autorização para tratamento de dados mas com a introdução de novos requisitos para tal, acompanhados de coimas na ordem das dezenas de milhões de euros em caso de incumprimento.

Esta primeira edição da MadCyberWeek é uma coorganização da Direção Regional do Património e da Gestão dos Serviços Partilhados (PaGeSP) – Secretaria Regional das Finanças e da Administração Pública e da Competitive Intelligence and Information Warfare Association (CIIWA), com o apoio de vários parceiros, nomeadamente de vários organismos da administração pública regional, da Universidade da Madeira, da Microsoft, da Cisco e da Fortinet