Este site utiliza cookies para uma melhor experiência de navegação. Ao navegar está a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de cookies aqui.
Pesquisar

Modernidade e eficácia na receção do pescado

Presidente do Governo visitou obras da nova lota do Funchal, onde destacou melhoria de valências para a certificação de qualidade e análise do pescado descarregado 21-10-2019 Presidência
Modernidade e eficácia na receção do pescado

O Presidente do Governo Regional, Miguel Albuquerque, visitou na manhã de segunda-feira, 21 de outubro, as obras, em curso, de construção da nova lota do Funchal, no porto do Funchal, as quais, para além do melhoramento estético e enquadramento daquela infraestrutura na dinâmica citadina, vêm, sobretudo, criar melhores condições de trabalho para funcionários e utentes, bem como de operacionalidade a nível da descarga do pescado na lota.

“Esta obra fará com que Região esteja dotada de um centro de receção de pescado moderno, eficaz, cumprindo todas as regras da União Europeia”, avançou Miguel Albuquerque aos jornalistas.

“Terá, também, como vocês sabem, uma parte de laboratórios, dos mais avançados, para a certificação de qualidade e análise do pescado aqui descarregado. E terá todas as condições de operacionalidade, porque o setor da pesca continua a ser muito importante na Madeira”, continuou.

A obra de reabilitação da lota do Funchal, contempla, no piso de térreo do edifício, a criação de uma zona administrativa e zona de descarga e pesagem do pescado. O piso superior acolherá laboratórios da Direção Geral de Investigação.

O Chefe do Governo defendeu ainda a manutenção de características identitárias do porto, onde incluiu a pesca, atividade ligada, não só à nossa cultura, como também relevante para a indústria do turismo.

A obra a concluir no verão de 2020 representa um investimento superior a 4,8 milhões de euros, ao qual acresce cerca de 1,5 milhões em equipamentos.


Anexos

Descritores