Este site utiliza cookies para uma melhor experiência de navegação. Ao navegar está a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de cookies aqui.
Pesquisar

Frente-mar da Ribeira Brava é para valorizar

Miguel Albuquerque enalteceu a valorização em curso da frente-mar da Ribeira Brava, com obras que incluem uma promenade e a regularização do cais. 27-02-2020 Presidência
Frente-mar da Ribeira Brava é para valorizar A Frente-Mar da Ribeira Brava é para valorizar e rentabilizar. Quem o afirmou foi Miguel Albuquerque, no final da tarde desta quinta-feira, durante a inauguração dos novos espaços da Cooperativa Agrícola do Funchal naquela vila.

O presidente do Governo Regional recordou, durante a inauguração, os vários projetos que o Executivo madeirense e a Câmara Municipal da Ribeira Brava estão envolvidos, enaltecendo a forma como o presidente da CMRV vem colaborando com o Executivo madeirense.

E, na sequência, lembrou: «Um dos projetos fundamentais em que, neste momento, estamos ambos (eu e o presidente da Câmara) empenhados é em transformar a frente-mar entre o Cais da Ribeira Brava e a Tabua num dos sítios mais aprazíveis e mais atrativos da Madeira».

«Neste momento, estamos a construir uma promenade entre a Tabua e a Ribeira Brava. E já iniciámos todo o processo de reconversão da frente-mar e de requalificação do cais da Ribeira Brava. Esta frente-mar vai transformar-se, à semelhança do que já acontece na Calheta ou na Ponta do Sol, num dos lugares mais atrativos para o turismo e para os madeirenses», acrescentou.

O governante disse ser fundamental aproveitar toda aquela frente-mar. «Temos um compromisso convosco de a Ribeira Brava voltar a estar no centro dos polos de atratividade turística da Região Autónoma da Madeira. E desperdiçar esta frente-mar seria um ato de pouca inteligência», complementou.

«Podem estar certos de que esta frente-mar da Ribeira Brava será das melhores frentes-mar da Madeira», prometeu, a concluir.

Anexos

Descritores