Este site utiliza cookies para uma melhor experiência de navegação. Ao navegar está a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de cookies aqui.
Pesquisar

Miguel Albuquerque diz que temos de continuar a encarar a agricultura como sector diferenciador de qualidade.

Miguel Albuquerque diz que o objetivo da Região passa por continuar a encarar a agricultura como um sector diferenciador pela qualidade dos nossos produtos e uma alavanca também para a exportação. 18-06-2019 Presidência
Miguel Albuquerque diz que temos de continuar a encarar a agricultura como sector diferenciador de qualidade.

O presidente do Governo Regional, que falava, nesta tarde de segunda-feira, durante a cerimónia de entrega de apoios a agricultores, no âmbito do PRODERAM, enalteceu o crescimento substancial do sector, sublinhando que «há sectores que têm potencialidades de crescer na área da exportação, sobretudo no âmbito das frutas subtropicais».

Dirigindo-se aos investidores (foram aprovadas 46 novas candidaturas aos apoios do PRODERAM 2020, totalizando um investimento total de 16.725.174,77 euros, com um valor total de apoio de 10.799.921,53 EUROS), Miguel Albuquerque elogiou a disponibilidade para investir, frisando estar convicto do sucesso futuro dos projetos.

O governante fez ainda questão de relevar a agricultura, sublinhando não a considerar como subsidiária da Economia, «mas como um dos alicerces fundamentais do desenvolvimento da Madeira», recordando os últimos resultados brutos conhecidos do sector, «que apontam para receitas na ordem dos 112 milhões de euros, que são resultados muito substanciais e que correspondem àquelas que eram as nossas expetativas de evolução».

A concluir, enalteceu os projetos apresentados, sublinhando que alguns são muito inovadores. O líder madeirense lembrou ainda o papel da Escola Agrícola na formação e acompanhamento técnico do sector.


Anexos

Descritores