Este site utiliza cookies para uma melhor experiência de navegação. Ao navegar está a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de cookies aqui.
Pesquisar

Albuquerque confiante em relação ao próximo quadro da UE

Miguel Albuquerque confia que a Região continuará a receber da União Europeia as verbas necessárias para continuar a garantir o desenvolvimento. 18-06-2019 Presidência
Albuquerque confiante em relação ao próximo quadro da UE

Miguel Albuquerque diz ter a certeza de que a Madeira continuará a receber uma parte substancial das verbas do Fundo de Coesão, para que possa continuar a assegurar projetos de desenvolvimento para a nossa Região. O governante falava durante a cerimónia de entrega de apoios a agricultores no âmbito da PRODERAM, que decorreu hoje no auditório da Secretaria Regional da Agricultura.

Lembrando que o próximo Quadro Comunitário já está a ser negociado, Miguel Albuquerque mostra-se confiante no sucesso das negociações, recordando também que «a Madeira só beneficiou, e beneficiou muito, desde a nossa inserção, em 1985, na União Europeia». «A União Europeia tem sido mais importante do que a Madeira. Nós temos recebidos mais apoios da União Europeia do que do Estado português», acrescentou.

«Nós, neste momento, vivemos ou estamos em vias de termos um novo ciclo político pela frente. Os objetivos, digo-vos, do Governo serão sempre os mesmos: manter o crescimento económico que temos há 70 meses, manter em crescendo os investimentos público e privado, continuarmos a reduzir a taxa de desemprego (neste momento, estamos com a mais baixa desde há 10 anos, com 7%), continuar a reduzir os impostos (fomos a única região do País que reduzir impostos, quer no IRS quer no IRC) e continuarmos a estar inseridos na União Europeia, porque sair da União Europeia seria uma verdadeira catástrofe. A UE tem sido decisiva no quadro do desenvolvimento da Madeira., sobretudo através dos fundos de coesão e do FSE. Seria trágico inverter esta linha de rumo», concluiu.


Anexos

Descritores