Este site utiliza cookies para uma melhor experiência de navegação. Ao navegar está a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de cookies aqui.
Pesquisar

Concluída rede hídrica da faixa corta-fogo no Caminho dos Pretos

Presidente do Governo indicou que o projeto tem implicado o corte e remoção de 55 mil toneladas/ano de acácias e eucaliptos. 380 dos 640 hectares da faixa corta-fogo estão já intervencionados 04-01-2022 Presidência
Concluída rede hídrica da faixa corta-fogo no Caminho dos Pretos

A rede hídrica de combate a incêndios, integrada no projeto da faixa corta-fogo do Caminho dos Pretos, está completa, conforme informou hoje o Presidente do Governo Regional numa visita ao local.

“Esta é uma intervenção gigantesca em toda a zona do Caminho dos Pretos”, disse Miguel Albuquerque.

“E nós fizemos questão de estar hoje aqui – estamos no inverno – para exatamente demonstrar que são obras planeadas e organizadas em função daquilo que é a prevenção”, explicou.

Recordar que a rede hídrica de combate a incêndios, agora concluída, representa um investimento superior a 2,3 milhões de euros. A rede comporta 9 quilómetros de condutas e 20 bocas de incêndio ao longo de todo o Caminho dos Pretos, entre o Terreiro da Luta e o Palheiro Ferreiro e ainda no acesso ao Curral dos Romeiros. A infraestrutura é alimentada por um reservatório com capacidade para 1 milhão e quinhentos mil litros de água.

O Chefe do Governo vincou ainda que, anualmente, no âmbito da construção da faixa corta-fogo, que abrange uma área de 640 hectares, têm vindo a ser cortadas e removidas cerca de 55 mil toneladas de acácias e de eucaliptos, dando lugar a espécies endémicas.

Este processo de corte, remoção e de substituição por espécies menos combustíveis já foi realizado em 380 dos 640 hectares de faixa.

A faixa corta-fogo do Caminho dos Pretos é um projeto do Governo Regional que visa a defesa da cidade do Funchal em caso de incêndio, salvaguardando, por essa via, pessoas e bens.