Este sítio utiliza cookies para facilitar a navegação e obter estatísticas de utilização. Poderá consultar a nossa Política de Privacidade aqui.
Pesquisar

Governo já investiu 16 milhões de euros em águas e resíduos no concelho de Machico

O presidente do Governo Regional sublinhou hoje os 16 milhões de euros que o Governo Regional já investiu, em obras na área das águas e resíduos, no concelho de Machico. De 2016 para cá. E, em curso, estão empreendimentos na ordem dos 7 milhões de euros. 19-01-2023 Presidência
Governo já investiu 16 milhões de euros em águas e resíduos no concelho de Machico

Miguel Albuquerque falava hoje durante a visita à nova Estação Elevatória de Águas Residuais do Caniçal, após remodelação total da antiga estrutura. A nova fica localizada no mesmo local, mas a requalificação foi profunda.

«É uma remodelação muito importante desta estação elevatória de águas residuais do Caniçal. Nós investimentos na requalificação e modernização desta central 1,6 milhões de euros. Estava subdimensionada e agora está no seu máximo, a funcionar com a mais moderna tecnologia», sublinhou o governante.

O líder madeirense enalteceu ainda estar já em curso iniciámos já também a obra de remodelação da estação de águas residuais de Machico, orçada em 2 milhões de euros, numa obra que permitirá dotá-la de todas as condições técnicas e funcionais.

A ETAR de Machico deverá ficar pronta até final deste ano.

Quanto a investimentos futuros nesta área, Miguel Albuquerque lembrou que estão em curso e previstas para lançar obras em todos concelhos, visando melhorar a qualidade e a quantidade do abastecimento. E acrescenta que algumas dessas obras estarão prontas brevemente, como a do túnel do Pedregal, que, se tudo correr como tem decorrido até agora, estará pronta em julho deste ano.

«Só ao abrigo do PRR temos, nesta área das Águas, mais de 100 milhões de euros em investimentos… A primeira obra do PRR, neste âmbito, que concretizámos foi a estação do Lombo do Urzal, que está já em fase avançada e que vai custar cerca de três milhões de euros e tem a capacidade de captar 50 litros por segundo para a Levada dos Tornos. Ou seja, vai reforçar o abastecimento de água a grande parte da população», explicou.

O governante garante que o Governo Regional vai continuar a fazer este género de investimentos, que considera fundamentais.