Este site utiliza cookies para uma melhor experiência de navegação. Ao navegar está a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de cookies aqui.
Pesquisar

Região vai continuar a investir na proteção da cidade do Funchal

O Governo Regional vai continuar a investir na faixa corta-fogo, de proteção à cidade do Funchal Miguel Albuquerque diz que a Madeira vai continuar a criar a faixa de corta-fogo, de proteção à cidade do Funchal. Neste momento, 44% da área (280 hectares) já está intervencionada e está a ser construída rede de abastecimento de água a essa mesma faixa, que estará concluída no verão. 29-01-2021 Presidência
Região vai continuar a investir na proteção da cidade do Funchal

O presidente do Governo Regional visitou hoje o local onde está a ser implantada essa rede hídrica, tendo aproveitado para lembrar que a faixa, com cerca de 640 hectares, irá permitir estabelecer uma zona de contenção relativamente à propagação dos fogos e proteger a cidade do Funchal.

Na área já intervencionada, foi feito o desbaste das plantas infestantes, bem como a plantação de espécies endémicas.

O governante aproveitou para «agradecer, mais uma vez, às empresas privadas que cederam, no global, cerca de 100 hectares dos 280 hectares já intervencionados».

Neste momento, lembrou, está a ser construído «um reservatório de grandes dimensões, com cerca de 1.500 metros cúbicos, para armazenar água, que vai ter uma conduta de nove quilómetros, vinte bocas de incêndios, quatro caixas de pressão». Isto para, adiantou, na eventualidade de os fogos se direcionarem naquele sentido, «quer os Florestais quer os bombeiros poderem ter um mecanismo de intervenção imediata, bloqueando o fogo».

«Tivemos, ao longo dos anos, uma série de incêndios que ameaçaram, o Funchal, sobretudo as suas zonas mais altas e esta é obra importantíssima para o futuro da cidade e em termos de ordenamento da mesma», enfatizou.


Anexos

Descritores