Este site utiliza cookies para uma melhor experiência de navegação. Ao navegar está a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de cookies aqui.
Pesquisar

Apoios do Governo Regional essenciais para manter empresas à tona de água

Presidente do Governo disse, na sua intervenção, no Dia do Empresário Madeirense, que, numa situação de exceção, como a atual crise de saúde pública, os Estados devem intervir no apoio e suporte à economia. E foi esse, a par da adoção de medidas para a contenção da pandemia, o caminho claramente assumido pelo Governo Regional. 21-05-2021 Presidência
Apoios do Governo Regional essenciais para manter empresas à tona de água

O Presidente do Governo Regional, Miguel Albuquerque, disse sexta-feira, 21 de maio, por ocasião das comemorações do Dia do Empresário Madeirense, que o seu Governo apresentou desde o início, e de forma clara, aos madeirenses e porto-santenses quais os objetivos e as prioridades face à pandemia que nos assola desde o início de 2020.

E, a par da primeira prioridade – a salvaguarda da saúde pública e da vida dos cidadãos – Miguel Albuquerque relembrou o esforço encetado para que, dentro das regras de contenção da pandemia, fosse assegurado o funcionamento da sociedade e da economia.

E, nesse âmbito, o Chefe do Governo foi perentório quanto às soluções encontradas pela região autónoma.

Se se injetaram, à data, 164 milhões de euros em apoios às empresas regionais – fora os impostos indiretos – não foram com a solidariedade do Estado português, mas sim, através do orçamento da Região.

Para além do apoio às empresas, o líder do Executivo lembrou que os 458 milhões de euros do empréstimo contraído pela Região, serviram igualmente para garantir o apoio massivo ao Sistema Regional de Saúde no que concerne ao controlo e contenção da pandemia.


Anexos

Descritores