Este site utiliza cookies para uma melhor experiência de navegação. Ao navegar está a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de cookies aqui.
Pesquisar

Albuquerque garante a “Horários” como empresa pública e anuncia investimentos de 40 milhões de euros

A Horários do Funchal vai continuar a ser uma empresa pública, onde o Governo se prepara para investir 40 milhões de euros, modernizando-a em todas as valências. O anúncio foi feito hoje por Miguel Albuquerque. 04-11-2021 Presidência
Albuquerque garante a “Horários” como empresa pública e anuncia investimentos de 40 milhões de euros

Miguel Albuquerque garantiu hoje, durante a cerimónia de entrega de 15 novos autocarros para serviço de aluguer para turismo, a continuidade da Horários do Funchal como empresa de capitais públicos, a assegurar serviço público.

Lembre-se que “Horários do Funchal” acaba de receber 15 novos autocarros destinados ao serviço de aluguer de autocarros com motorista – alugueres e turismo. Um investimento de 3.217.500 euros, a que acresce IVA. Ou seja, cerca de 3.925.350 euros

O presidente do Governo lembra que o compromisso que assumiu quando tomou posse é para manter e, como tal, a empresa continuará a ser pública, «bem gerida».

A outro nível, o líder madeirense lembrou o investimento de 40 milhões de euros a promover nos próximos anos na “Horários do Funchal”, incluindo a renovação da frota de autocarros e os investimentos a introduzir no âmbito do Plano Integrado de Transportes.

O objetivo, lembrou passa por toda a infraestrutura logística, informática e de integração, quer das rotas, quer da bilhética. Enfim, «tudo aquilo que a Horários do Funchal oferece será melhorado, no sentido, de termos uma empresa moderna, em consonância com a nova economia e com aquilo que os seus clientes precisam».

No seu discurso, o governante fez ainda questão de agradecer «a todos o trabalho que têm desenvolvido, sobretudo o empenho, a coragem e a dedicação demonstrados durante o tempo da pandemia, que ainda não acabou».

Mas, salientou, «todo o pessoal da Horários do Funchal e a empresa estiveram à altura dos acontecimentos».

«Muito obrigado em nome do Governo a todos vocês!», disse.


Anexos

Descritores