Este sítio utiliza cookies para facilitar a navegação e obter estatísticas de utilização. Poderá consultar a nossa Política de Privacidade aqui.
Pesquisar

«Manutenção do clima de confiança é muito importante para mantermos crescimento em 2023»

Presidente do Governo perspetivou Novo Ano, sinalizando dificuldades externas – guerra, inflação, energia –, mas, também, apontando bons indicadores para o turismo, imobiliário e tecnológicas. Miguel Albuquerque referiu igualmente a importância de um recuo da inflação, conforme se perspetiva, no 2º semestre do ano 04-01-2023 Presidência
«Manutenção do clima de confiança é muito importante para mantermos crescimento em 2023»

O Presidente do Governo Regional, Miguel Albuquerque, esteve hoje, ao final da tarde, na inauguração de um novo restaurante – Pizzaria Atalaia – no Caniço, que envolveu a construção de raiz de um edifício concebido para aquela finalidade.

O Chefe do Governo disse tratar-se de um exemplo de confiança dos empresários José e Paula Simões na economia madeirense, não obstante a incerteza que o ano de 2023 acarreta, sobretudo por fatores que não dependem da Região, como é o caso do conflito na Ucrânia, a tendência inflacionária e a crise energética na Europa.

Nesse sentido, conforme referiu Miguel Albuquerque, as perspetivas para o ano de 2023, na Região Autónoma da Madeira, dependem do evoluir dessas questões internacionais, mas não deixou de enumerar um conjunto de fatores positivos, já no que concerne à economia regional, entre eles os primeiros indicadores no turismo, para os meses de janeiro e de fevereiro, assim como a procura que se regista para o período da Festa da Flor.

Acresce ao turismo, o investimento privado em setores como o imobiliário e as tecnológicas e a perspetiva de recuo da inflação no 2º semestre do ano.

«Portanto, se nós aguentarmos o fluxo de turismo. Se mantivermos os investimentos, que estão a surgir, com uma muito boa cadência, no imobiliário. Se continuarmos a assegurar os investimentos nas empresas tecnológicas, como está a acontecer, nós vamos ter um ano importante e com alguma resistência da economia regional», indicou o líder do Executivo.

O Presidente do Governo Regional vincou ser acima de tudo essencial para a Região Autónoma a manutenção do clima de confiança dos empresários na economia madeirense.

«Isso é muito importante, porque só assim nós conseguiremos ultrapassar as adversidades externas e mantermos os índices de crescimento e, sobretudo de empregabilidade que, neste momento, temos. Nós estamos com mais de 135 mil pessoas empregadas e com um índice de desemprego que não tínhamos desde 2009.


Anexos

Descritores