Este site utiliza cookies para uma melhor experiência de navegação. Ao navegar está a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de cookies aqui.
Pesquisar

IDE e MPE promovem sessão de esclarecimento sobre sistemas de incentivo

Ação conjunta decorre hoje no Laboratório de Metrologia da Madeira 11-03-2020 Economia
IDE e MPE promovem sessão de esclarecimento sobre sistemas de incentivo

O Instituto de Desenvolvimento Empresarial (IDE) e a Madeira Parques Empresariais (MPE), realizam, hoje, no Laboratório de Metrologia da Madeira, uma sessão de esclarecimento sobre os novos avisos dos sistemas de incentivo ao tecido empresarial regional.

Esta iniciativa decorre de um conjunto de ações que têm sido realizadas pelo IDE com empresários e consultores e em articulação com a ACIF, AJEM e MPE. O objetivo é maximizar a visibilidade dos concursos que atualmente se encontram abertos.

A intenção é esclarecer os empresários sobre os instrumentos financeiros disponíveis para apoio às empresas, bem como vantagens de instalarem os seus negócios nos parques empresariais.

Cerca de 60 empresários participam na sessão que será proferida pelo presidente do IDE, Duarte Freitas, e pelo presidente do conselho de administração da MPE, Gonçalo Pimenta.

3,1 ME para apoiar eficiência energética, empreendedorismo e internacionalização

Com o fim do quadro comunitário de fundos europeus para o período 2014-2020 a acontecer no final deste ano, o Governo Regional prepara-se para executar ao máximo o envelope financeiro da União Europeia. O objetivo é identificar a dotação disponível nos vários sistemas e assim evitar penalizações no próximo quadro comunitário.

A dotação de despesa pública consignada aos três programas (Empreender, Valorizar e Internacionalizar) ascende a 3,6 milhões, comparticipada em 85% pelos fundos comunitários e com uma componente do orçamento regional de 15%.

Através do “Valorizar 2020”, o Governo pretende apoiar projetos que concorram para o aumento da eficiência energética e utilização de energias renováveis, incluindo operações enquadradas na iniciativa “Smart Fossil Free Island”, que fomentem a transição para uma economia de baixo teor de carbono em todos os setores promoção da eficiência energética e utilização das energias renováveis nas empresas.

No eixo prioritário do “Empreender 2020”, o apoio será canalizado para dinamização do investimento privado e a criação de emprego, reforçando a capacidade competitiva das Pequenas e Médias Empresas (PME).  Serão suscetíveis de financiamento os projetos na área do empreendedorismo qualificado e criativo, integrados em indústrias criativas e culturais, bem como o empreendedorismo Web e digital e os setores com maior intensidade tecnológica que valorizem a articulação com o ecossistema do empreendedorismo.

Ao “Internacionalizar 2020” podem candidatar-se projetos que assentem na promoção da internacionalização. O objetivo é apoiar projetos que concorram para reforçar a capacidade empresarial e consolidação da presença das empresas regionais nos mercados internacionais, através de investimentos nos domínios do conhecimento de mercados externos, presença na web, economia digital, promoção internacional de marcas, prospeção e presença em mercados internacionais, marketing internacional e relações e mercados externos.

Empresas têm 90 dias para apresentar candidaturas

O IDE estabeleceu um prazo de 90 dias para apresentação de candidaturas, a contar da data de abertura dos avisos. As candidaturas ao Empreender e ao Valorizar podem ser entregues até dia 30 de abril e 5 de maio, respetivamente. No caso do Internacionalizar, as empresas podem candidatar-se até ao dia 15 de maio. São elegíveis empresas de todos os concelhos da Região. As candidaturas podem ser apresentadas através do Portal Portugal 2020 e no Balcão Portugal 2020.

 


Anexos

Descritores