Este site utiliza cookies para uma melhor experiência de navegação. Ao navegar está a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de cookies aqui.
Pesquisar

Região cessa voos com origem em países referenciados pela OMS com transmissão comunitária ativa

O Presidente do Governo Regional, Miguel Albuquerque, anunciou ao final da tarde de hoje, sexta-feira, 13 de março, em conferência de imprensa, a adoção de novas medidas no âmbito da salvaguarda da saúde pública na Região Autónoma da Madeira em virtude do COVID-19. 13-03-2020 Presidência
Região cessa voos com origem em países referenciados pela OMS com transmissão comunitária ativa

“Quero informar todos os madeirenses e todos os porto-santenses e o país em geral que a Madeira não tem nenhum caso registado de COVID-19”, informou o Chefe do Governo logo no início da conferência de imprensa.

Dito isto, Miguel Albuquerque anunciou que o seu Executivo procedeu aos contactos indispensáveis para que a região autónoma cesse as operações de ligação aérea com origem em países com casos COVID-19 referenciados pela Organização Mundial de Saúde por u prazo de sete dias, até nova avaliação.

As ligações aos aeroportos nacionais mantêm-se, sendo que o regresso à Região de residentes, nomeadamente estudantes universitários, devem observar a sua situação tendo em conta duas situações:

- Residentes que se encontrem em situação de isolamento social recomendado pela Direção Geral de Saúde / SNS 24 devem cumprir escrupulosamente os 14 dias, ao fim dois quais poderão regressar à Madeira ou ao Porto Santo;

- Os demais, na chegada à Região devem cumprir período de isolamento.

Referir ainda que já hoje, sexta-feira, todos os passageiros e tripulações desembarcadas nos aeroportos da Madeira e Porto Santo foram sujeitos a medição de temperatura e ao preenchimento de inquérito epidemiológico a bordo das aeronaves.




Anexos

Descritores