Este site utiliza cookies para uma melhor experiência de navegação. Ao navegar está a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de cookies aqui.
Pesquisar

Objetivo assumido em 2015 passou por reduzir taxas de retenção e apostar na digitalização

O presidente do Governo Regional destacou hoje que, quando entrou em funções, em 2015, num processo que contou com o secretário da Educação, Jorge Carvalho, um dos grandes objetivos «passou por, através do diálogo e da cooperação com os professores e com os pais, introduzir metodologias para reduzir as taxas de retenção». 23-09-2021 Presidência
Objetivo assumido em 2015 passou por reduzir taxas de retenção e apostar na digitalização

«Isso foi conseguido. E simultaneamente começamos a introduzir subtilmente nas escolas as tecnologias e a robótica», salienta.

Miguel Albuquerque, que discursava na cerimónia de inauguração da totalmente renovada escola padre Manuel Álvares, defende que este é o desafio destes próximos anos: «Nós vamos aplicar na digitalização das escolas e na formação dos docentes, bem como em material como estes quadros para as salas do futuro, 22 milhões de euros do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR)».

O líder madeirense lembra que, no futuro, «as empresas podem estar localizadas ou o trabalho pode ser realizado na Madeira como pode ser realizado no centro de Munique ou no centro de Helsínquia». Ou seja, «esta é uma vantagem que hoje esta transformação digital trás para a nossa Região».

«A ultraperiferia física deixa de ser um handicap, mas temos que dotar os nossos alunos das capacidades para podermos competir e trabalhar nestes novos mercados», preconiza.

A finalizar, sublinhou que o melhor que podemos fazer é apostar nas novas gerações. «Dotá-las de capacidade educativa, de qualificação, cultura. Isso é a grande defesa da nossa sociedade. A grande defesa da nossa sociedade civilizada» concluiu.


Anexos

Descritores