Este site utiliza cookies para uma melhor experiência de navegação. Ao navegar está a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de cookies aqui.
Pesquisar

Escola inclusiva é princípio em ação

Projeto de Inclusão e Literacia Digital integra aos alunos do Serviço Técnico de Formação Profissional. 15-01-2020 Educação, Ciência e Tecnologia
Escola inclusiva  é princípio em ação

O Governo Regional da Madeira procedeu, terça-feira (14 de janeiro), à entrega de tablets a 49 formandos do 1.º ano dos cursos profissionais de Cozinheiro/a, Assistente Familiar e de Apoio à Comunidade e Costureiro/a Modista do Serviço Técnico de Formação Profissional.

Os manuais digitais distribuídos pelo secretário regional de Educação, Ciência e Tecnologia, Jorge Carvalho, serão utilizados nas áreas de Cidadania e Empregabilidade, Linguagem e Comunicação, Matemática para a Vida e Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC), no âmbito do Plano de Ação Estratégica de Inovação Educacional das escolas da RAM.

Na oportunidade, o governante enquadrou o acesso equitativo às tecnologias digitais para obtenção de informação, comunicação, cultura, entretenimento, lazer e interação, como uma medida de promoção da autonomia e cidadania das pessoas com necessidades especiais.

«Quando falamos de uma Escola inclusiva ou de uma sociedade inclusiva, não ficamos apenas pelas palavras, mas procuramos concretizar esses princípios e esta é uma dessas ações», sublinhou Jorge Carvalho, enfatizando a resposta dada a necessidades diferentes.

«Pretendemos dotar toda a população das capacidades e das competências, da autonomia e dos meios, para aceder e beneficiar de forma crítica das tecnologias digitais, a fim de poder participar ativamente numa sociedade globalizada, seja no âmbito académico, profissional ou pessoal», concretizou o secretário regional.