Este sítio utiliza cookies para facilitar a navegação e obter estatísticas de utilização. Poderá consultar a nossa Política de Privacidade aqui.
Pesquisar

Governo Regional vai devolver, no próximo ano às famílias, mais de 17 milhões de euros com a redução do IRS.

Secretário das Finanças, Rogério Gouveia, levou o "Governo Mais Próximo" a Santa apara explicar à população as medidas de apoio destinadas às famílias mais carenciadas. 14-11-2022 Finanças
Governo Regional vai devolver, no próximo ano às famílias, mais de 17 milhões de euros com a redução do IRS.

Rogério Gouveia começou por enaltecer a iniciativa “Governo Mais Próximo” que permite reforçar a interligação entre o poder executivo e a população, passando por toda a Região, dando a conhecer ao pormenor as diversas medidas de apoio para atenuar os efeitos da pandemia e da guerra nas franjas populacionais mais frágeis.

Neste sentido, o Secretário das Finanças deu vários exemplos, desde logo, os passes sociais que “representam uma aposta do Governo Regional em mais de sete milhões de euros e que regularizaram os preços dos passes dos transportes públicos para o máximo de 40 euros mensais”.

O apoio às creches também foi lembrado pelo Governante assim como o desagravamento fiscal e dos impostos para as empresas e famílias em que “no orçamento para o próximo ano, há uma nova redução do IRS que representa uma devolução às famílias de cerca de 17 milhões de euros”.  No IRC, Rogério Gouveia referiu “a implementação de uma taxa mais vantajosa para os Concelhos do Norte,( Santana, São Vicente, Porto Moniz e Porto Santo), com o objetivo de dinamizar o crescimento económico e social destes Municípios, promovendo o desenvolvimento de um ordenamento do território regional mais equilibrado”.

Rogério Gouveia elencou ainda outros apoios de cariz social que contemplam “os idosos, a habitação e a economia, como é o caso das tarifas sociais de eletricidade, água e resíduos, o gás solidário com o reforço do apoio por garrafa de 10 para vinte euros”. 

Na agricultura, o Secretário das Finanças sublinhou a “importância do apoio à água de rega, que representa um investimento do Governo Regional e mais de 3 milhões de euros por ano”.

Medidas explicadas à população do Concelho de Santana numa iniciativa que decorreu no Salão Paroquial.


Anexos

Descritores