Este site utiliza cookies para uma melhor experiência de navegação. Ao navegar está a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de cookies aqui.
Pesquisar

Orçamento de contínuo desagravamento fiscal

O Orçamento e Plano da Região Autónoma da Madeira para 2020, é um documento onde se aposta no contínuo processo de desagravamento fiscal, aliado à “sustentabilidade e estabilidade das Finanças Públicas Regionais” 23-01-2020 Vice-Presidência
Orçamento de contínuo desagravamento fiscal O vice-presidente do Governo Regional, Pedro Calado, disse esta quinta-feira, na Assembleia Legislativa da Madeira, que o Orçamento e Plano da Região Autónoma da Madeira para 2020, é um documento onde se aposta no contínuo processo de desagravamento fiscal, aliado à “sustentabilidade e estabilidade das Finanças Públicas Regionais”.
 

Este é um orçamento que, de acordo com Pedro Calado, “ao mesmo tempo que estimula a criação de postos de trabalho, também reforça as medidas de apoio às famílias e de apoio social, que associa a aposta na área da Saúde e da Proteção Civil, com a promoção da consolidação dos processos de descongelamento de carreiras na Administração Pública”.

Além disso, acrescentou ainda o governante, “assegura a manutenção do investimento público, melhorando as infraestruturas públicas de apoio à população, ao mesmo tempo que também reforça a Política de Mobilidade Social, sem descurar as medidas de incentivo ao Sector Primário, em especial o apoio às Bordadeiras, aos Viticultores, aos Agricultores e aos Criadores de gado”. 


 



Anexos

Descritores