Este site utiliza cookies para uma melhor experiência de navegação. Ao navegar está a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de cookies aqui.
Pesquisar

Mata da Nazaré devolvida aos cidadãos

O novo espaço será requalificado e contará com a instalação de um palco, cafetaria com esplanada, parque de recreio infantil e um circuito de manutenção com equipamentos desportivos. 13-03-2021 Vice-Presidência
Mata da Nazaré devolvida aos cidadãos

Já estão a decorrer os concursos para a primeira fase das obras de requalificação da Mata da Nazaré. O anúncio foi feito, esta manhã, pelo vice-presidente do Governo Regional, Pedro Calado, que visitou o espaço que está integrado num dos maiores bairros sociais do Funchal.

Na ocasião, o governante lembrou que a gestão deste espaço esteve, até março de 2020, a cargo da Câmara Municipal do Funchal, tendo o Governo Regional – agora que tem a sua posse –, decidido proceder à requalificação do espaço verde, através de um projeto dotado de novas infraestruturas, que promoverá o convívio intergeracional e permitirá a realização de atividades lúdicas e culturais, promotoras da inclusão social e da melhoria da qualidade de vida da população.

“A Vice-Presidência e a Secretaria Regional de Inclusão Social e Cidadania têm estado em articulação para que este projeto avançasse o mais rapidamente no terreno e por forma a garantir uma requalificação que não só representará uma mais-valia para a população daquele complexo habitacional, mas também para toda a cidade do Funchal”, realçou Pedro Calado.

As obras, que deverão iniciar-se nos próximos meses, garantirão a transformação de todo aquele espaço, numa extensão superior a 12500 m2, e o reforço da área verde, com a plantação de várias espécies arbóreas, arbustivas e herbáceas, bem como a criação de uma área relvada de uso múltiplo.

A intervenção incluirá, também, a construção de uma cafetaria com esplanada e a instalação de um palco, em forma de coreto. Será criado, também, um circuito de manutenção com equipamentos desportivos, um núcleo de recreio infantil e de atividade física, direcionado para as várias gerações.

Ao longo de toda a área, será colocado mobiliário urbano diverso, como bancos, mesas e sinalética, e serão edificados núcleos de apoio.

Toda a área será coberta por uma vedação, sendo criado um percurso pedonal e outros complementares nas periferias, com acesso de viaturas e zonas de estacionamento.

Trata-se de um investimento do Governo Regional, através da IHM-Investimentos Habitacionais da Madeira, superior a meio milhão de euros.