Este sítio utiliza cookies para facilitar a navegação e obter estatísticas de utilização. Poderá consultar a nossa Política de Privacidade aqui.
Pesquisar

Presidente do Governo visitou hoje Centro Comunitário LGBTI da Madeira 

Espaço cedido pela Região visa apoiar o trabalho de duas associações no âmbito do apoio, intervenção e acompanhamento social e psicossocial da comunidade LGBTI. Miguel Albuquerque vincou ser ideia fundamental do projeto acabar com o estigma, a discriminação e o preconceito.  06-09-2022 Presidência
Presidente do Governo visitou hoje Centro Comunitário LGBTI da Madeira 

«É um grande prazer estar hoje aqui convosco. Como vocês sabem, este é um projeto que se iniciou em 2019, com o Governo Regional. E a ideia fundamental e primacial é acabar com os estigmas, com a discriminação e com o preconceito.» 

O Presidente do Governo Regional, Miguel Albuquerque, esteve esta terça-feira na abertura do Centro Comunitário LGBTI Mais da Madeira, instalado à Rua Latino Coelho, num espaço cedido pela Região às delegações da Madeira das associações Opus Gay Madeira e Rede Ex Aequo, ambas dedicadas à intervenção, apoio e acompanhamento social e psicossocial de cidadãos LGBTI. 

O Chefe do Governo reconheceu a existência ainda de estigma, discriminação e preconceito, cujos efeitos são nefastos para aqueles cidadãos, pelo que é importante que uma sociedade democrática, moderna e civilizada seja capaz de fazer prevalecer o humanismo e o racionalismo, a empatia e a compreensão. 

«Não faz nenhum sentido, em nenhuma circunstância a introdução de discriminação ou estigmas relativamente à comunidade LGBTI», disse Miguel Albuquerque. 

Nesse sentido, o líder do Executivo vincou a importância do trabalho daquelas associações, manifestando, ainda, o apoio das entidades públicas, no sentido de se pôr termo ao preconceito. 

«Nós sabemos que existem muitos jovens vítimas do que se diz hoje – o bullying – que é no fundo violência psicológica. E não faz nenhum sentido que isso continue a acontecer numa sociedade democrática, moderna e civilizada», concluiu. 


Anexos

Descritores