Este sítio utiliza cookies para facilitar a navegação e obter estatísticas de utilização. Poderá consultar a nossa Política de Privacidade aqui.
Pesquisar

Rita Andrade destaca crescimento das Universidades Seniores na Região

Assinala-se hoje, 29 de novembro, o dia Nacional das Universidades Seniores. 29-11-2022 Inclusão Social e Cidadania
Rita Andrade destaca crescimento das Universidades Seniores na Região

Este ano, a escolha para a comemoração do Dia Nacional recaiu sobre as regiões da Madeira e Porto devido ao grande crescimento das Universidades Seniores nestas duas localidades.

 

É neste sentido que surge o convite do Presidente da Associação Rede de Universidades da Terceira Idade (RUTIS), Prof. Doutor Luis Jacob à Secretária Regional, Rita Andrade, para dar o seu testemunho acerca da importância destas estruturas que têm tido um crescimento considerável na Madeira. A ocasião serviu ainda para debater novos desafios e respostas destinadas à população idosa.

 

Entre os vários tópicos que estiveram em cima da mesa, destaque para o desejo da associação em criar um polo regional da RUTIS na região, com o objetivo de promover ainda mais as Universidades Seniores, o envelhecimento ativo e a longevidade.

 

Segundo a RUTIS, os efeitos das Universidades Seniores nos seus alunos são já bem evidentes e estudados, sendo comprovado que a sua frequência melhora a saúde física e mental, diminui o sentimento de solidão e contribui para a saúde e bem-estar da população idosa.

 

A Secretária Regional Rita Andrade, neste dia Nacional, destacou que “as atividades promovidas pelas Universidades Seniores proporcionam aos nossos cidadãos um envelhecimento ativo e saudável e inúmeras experiências intergeracionais muito enriquecedoras e, como tal, estas estruturas contam e continuarão a contar com o total apoio do Governo Regional”.

 

“Trata-se de um projeto de vontades. Tanto das instituições que organizam, como dos professores, na sua maioria voluntários, pelo que aproveito para felicitá-los também, neste dia em que se comemora o Dia Nacional das Universidades Seniores, e em que também se celebra a importância do envelhecimento ativo e do voluntariado, que é cada vez mais essencial na nossa sociedade. Cada um na sua missão e no seu papel. E é por isso que celebrar este dia é celebrar também a dedicação e espírito de entrega de todos os que se envolvem nestes projetos”.

 

Rita Andrade destaca ainda que o número de inscritos nas Universidades Seniores da Região tem aumentado ano após ano. Prova do sucesso deste projeto que regista uma adesão cada vez maior junto da população idosa.

 

Existem atualmente 370 Universidades Seniores em Portugal (12 das quais na Região Autónoma da Madeira), 65 mil alunos seniores (cerca de 1 100 na Madeira) e 7 500 professores voluntários (280 na Madeira), o que faz com que Portugal seja o país do mundo com mais Universidades Seniores por habitante maior de 65 anos.

 


Anexos

Descritores