Este sítio utiliza cookies para facilitar a navegação e obter estatísticas de utilização. Poderá consultar a nossa Política de Privacidade aqui.
Pesquisar

Crianças são atores principais na defesa dos Oceanos

Exposição sensibiliza para uma gestão eficiente dos resíduos domésticos durante a época de Natal. 20-12-2022 Mar e Pescas
Crianças são atores principais na defesa dos Oceanos

O secretário regional do Mar e Pescas, Teófilo Cunha, destacou esta terça-feira o papel ativo dos mais jovens na promoção da literacia dos Oceanos, através da sensibilização que promovem não só no espaço escolar, mas em toda a comunidade.

 

“As crianças são perspicazes, inteligentes, e rapidamente percebem o que esta em causa e a importância de preservar os Oceanos, transmitindo essa mensagem aos adultos”, disse o secretário regional, durante a abertura de uma exposição da Campanha de Sensibilização para Gestão dos Resíduos Domésticos, que estará patente até ao dia 2 de janeiro, no Centro Comercial La Vie.

 

A exposição reúne uma série de trabalhos desenvolvidos por alunos de estabelecimentos de ensino que integram o Programa Escola Azul, e tem por objetivo sensibilizar a população para uma melhor gestão dos resíduos urbanos, nos dias em que as autarquias não fazem a recolha de lixo nos ecopontos: 24, 25, 26 e 31 de dezembro e 1 de janeiro. “Estes serviços municipais estão encerrados nesses dias, e bem, porque os trabalhadores têm direito e a descansar, e cabe a nós adotar uma atitude responsável”, realçou o governante. 

 

“Apelamos às pessoas que guardem em casa os papéis de embrulho, os sacos e as embalagens das prendas de Natal, durante os dias em que não é feita a recolha de lixo, para não sobrecarregar os pontos de recolha”, disse Teófilo Cunha, sublinhando que os madeirenses são atualmente muito mais responsáveis e ambientalmente conscientes.

 

Mesmo assim, continuou o secretário regional, 80% do lixo que é encontrado no mar é de origem terrestre. “Tudo o que podermos fazer para que isso deixe de acontecer, como esta campanha, é importante.”

 

Sobre a exposição, que contou com trabalhos das escolas EB/PE de Santo António e Curral das Freiras, EB1/PE do Boliqueime, EB1/PE Visconde Cacongo e EB1/PE Nazaré, Teófilo Cunha gostou do que viu. “Tem trabalhos muito bons, e mostram uma preocupação com as questões ambientais.”

 

A campanha decorre no âmbito do Programa Escola Azul, que engloba 48 estabelecimentos de ensino regionais, coordenados pela Direção Regional do Mar. “Estamos muito satisfeitos com o empenho e interesse que cada vez mais escolas e mais crianças têm mostrado pela literacia dos Oceanos”, disse a diretora regional do Mar, Mafalda Freitas, agradecendo a administração do Centro Comercial La Vie, por se ter juntado a esta iniciativa.


Anexos

Descritores