Este site utiliza cookies para uma melhor experiência de navegação. Ao navegar está a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de cookies aqui.
Pesquisar

Madeira mostra exemplo de mobilidade sustentável

A Diretora Regional Adjunta para a Economia e Transportes, Patrícia Dantas Caires, participou, esta tarde, num encontro de trabalho de um grupo de consultores, parceiros no Projeto “Civitas Destinations”, que durante três dias estiveram a inteirar-se da mobilidade sustentável no Funchal. 16-11-2017 Vice-Presidência
Madeira mostra exemplo de mobilidade sustentável

Patrícia Dantas Caires recorda que este é um projeto que complementa um outro que já existe há mais anos. “Estes parceiros que vieram até à Madeira estão com a função de também virem aprender um pouco as metodologias e o trabalho que já foi feito aqui ao nível da Região Autónoma da Madeira, no âmbito das outras iniciativas do Civitas”. Isto porque, recorda da Diretora Regional Adjunta para Economia e Transportes, “a Madeira já está posicionada nestes temas do desenvolvimento sustentável e dos transportes e da mobilidade, sempre atendendo à preocupação, não só da área dos transportes, mas complementando também com a vertente do turismo que é muito importante para nós, porque os turistas são cada vez mais sensíveis a estas matérias”.

Em seu entender, “nós não podemos descurar, na nossa estratégia, que também temos de levar em conta todas as tendências internacionais e as preferências não só dos residentes, que é o que nos preocupa diretamente, é uma preocupação primordial do Governo Regional, mas também tendo sempre em conta o acréscimo de procura, a sobrecarga, no fundo, dos nossos recursos, que resulta do turismo e dos turistas, que serão, por ano, cerca de uma milhão e 200 mil por via aérea, mas também os cerca de 500 mil que chegam em navios de cruzeiro”.

A Madeira, segundo Patrícia Dantas Caires, “tem vindo a desenvolver uma série de iniciativas nesta área da mobilidade sustentável. Em 2013, fomos considerados a “Cidade Civitas”. E é, portanto, com esta aprendizagem, com este percurso feito, que vamos também colaborar e dar a conhecer a estes novos parceiros o que nós já fizemos no outro programa, e vamos também tentar explicar, através da Direção Regional de Economia e Transportes, tudo o que já foi desenvolvido, nomeadamente ao nível dos planos de mobilidade que já foram efetuados”.

Neste momento, de acordo com Patrícia Dantas Caires, “temos várias ações no terreno, atividades que estão a ser desenvolvidas no âmbito do Governo Regional, nomeadamente, pela AREAM, pela ARDITI, pela Direção Regional de Economia e Transportes, bem como outros ‘players’ locais, como é o caso da CMF, que também está envolvida há já vários anos nesta área. Na área do Governo Regional temos um parceiro fundamental e que tem liderado todo este processo, que é os Horários do Funchal”.

Conforme referiu Patrícia Dantas Caires, “são várias as iniciativas que estão em curso. Estamos a trabalhar não só na parte da implementação de um plano, mas também no financiamento desse próprio plano, desde a aquisição de veículos elétricos para algumas organizações, também a introdução dessa mesma metodologia elétrica para o transporte de passageiros. Estão a ser feitos testes no terreno para também perceber, do ponto de vista técnico, quais são as possibilidades que existem e depois também saber quanto é que isso envolve de recursos, para depois também podermos, atempadamente, ir complementando a vontade com o financiamento”.