Este site utiliza cookies para uma melhor experiência de navegação. Ao navegar está a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de cookies aqui.
Pesquisar

Irene Lucília nas comemorações do Dia Mundial do Livro no Arquivo

O Dia Mundial do Livro (23 de abril) é assinalado pela Secretaria Regional de Turismo e Cultura, através da Direção Regional do Arquivo e Biblioteca da Madeira, com várias iniciativas que se prolongam até o dia 30 do corrente mês. 09-04-2021 Turismo e Cultura
Irene Lucília nas comemorações do Dia Mundial do Livro no Arquivo

O Dia Mundial do Livro (23 de abril) é assinalado pela Secretaria Regional de Turismo e Cultura, através da Direção Regional do Arquivo e Biblioteca da Madeira, com várias iniciativas que se prolongam até o dia 30 do corrente mês.

Neste sentido, no dia 23 abre ao público no edifício do Arquivo, no Funchal, a exposição bibliográfica “La Fontaine e a Fábula no Arquivo e Biblioteca da Madeira”, alusiva aos 400 anos do nascimento de Jean de La Fontaine.

A exposição ficará patente no átrio e terá também uma versão online na página institucional: https://abm.madeira.gov.pt

Refira-se igualmente que a propósito de La Fontaine, a autora madeirense Irene Lucília foi convidada a fazer uma reflexão sobre o escritor e a sua obra, inserido no 1.º episódio do projeto virtual “Conversas com Livros”, a lançar no referido dia 23 e que constitui uma nova iniciativa de divulgação do Arquivo e Biblioteca, que junta um convidado, uma obra e um autor preferido. O vídeo será disponibilizado nas redes sociais.

Em declarações ao JM o Secretário Regional de Turismo e Cultura sublinha que a comemoração do Dia Mundial do Livro constitui sempre “um marco muito importante”. “Em primeiro lugar pela ligação secular entre o homem e o livro em suporte de papel. E, depois, porque vivemos numa sociedade que opta cada vez mais pelo facilitismo que as novas tecnologias proporcionam a favor da leitura de livros, que passaram a estar disponíveis igualmente em suporte digital”.

Assim, Eduardo Jesus refere que “além do cuidado que o ABM dedica a todo o seu espólio crescente de livros físicos, adaptou os meios digitais ao seu alcance para que, através da sua plataforma, alcance este novo público. Esta é uma vertente cada vez mais importante, sobretudo por proporcionar aos leitores mais novos, formatos diferenciados que conjugam atividades online e presenciais, mas que têm a mesma finalidade: incentivar o gosto pela leitura e pela escrita”.

O governante deixa claro que este “é um trabalho contínuo e fundamental para reforçar o conhecimento às diferentes gerações”, pelo que “o Governo Regional continua empenhado em colocar à disposição de todos os residentes na Madeira e no Porto Santo, assim como no resto do mundo, através da acessibilidade facilitada que a internet proporciona, o acervo da DRABM, contribuindo, desta forma, para a ampliação do conhecimento e fortalecer ainda mais o desenvolvimento”.

 

Ler notícia em anexo

 


Anexos

Descritores