Este sítio utiliza cookies para facilitar a navegação e obter estatísticas de utilização. Poderá consultar a nossa Política de Privacidade aqui.
Pesquisar

Eduardo Jesus saúda anúncio do concurso para a aquisição dos radares do Aeroporto

Abertura do procedimento da responsabilidade da NAV foi publicada hoje em Diário da República 15-06-2022 Turismo e Cultura
Eduardo Jesus saúda anúncio do concurso para a aquisição dos radares do Aeroporto

A NAV Portugal EPE – Navegação Aérea de Portugal publicou hoje, em Diário da República, o anúncio de concurso público para o fornecimento e instalação de um sistema para deteção e alerta de turbulência e wind shear no Aeroporto da Madeira. O procedimento tem um valor base de 3,5 milhões de euros.

A abertura do concurso para aquisição do Radar de Banda X e Lidar acontece depois de várias reivindicações por parte do Governo Regional no sentido de melhorar a operacionalidade daquela infraestrutura aeroportuária, frequentemente afetada pelos ventos que se fazem sentir naquela zona. O novo equipamento, cuja aquisição sofreu inúmeros atrasos, permitirá recolher dados mais atualizados, completos e fiáveis do que a informação que, hoje em dia, o IPMA dispõe, e realizar uma medição mais precisa dos ventos.

Recorde-se que, no ano passado, um grupo de trabalho criado pelo Governo da República concluiu, entre outros aspetos, ser fundamental a aquisição dos referidos dos equipamentos de radar.

Já a 10 de fevereiro do corrente ano, Egídia Martins, membro do conselho de administração da NAV, disse, em audição parlamentar na Assembleia Legislativa da Madeira, que a empresa estava em condições de avançar com o concurso público, no valor de 4,5 milhões de euros, desde que obtivesse garantia de financiamento do Estado. Posteriormente, foi referido que o financiamento para a aquisição dos equipamentos estava já garantido no orçamento da NAV.

Mais recentemente, em maio último, uma equipa composta por elementos do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), da Navegação Aérea de Portugal (NAV) e da ANA – Aeroportos de Portugal esteve na Região.  Na visita técnica, que foi acompanhada pelo Governo Regional, nomeadamente pela Secretaria Regional de Turismo e Cultura, foi atualizado o caderno de encargos para o concurso público com vista à aquisição dos referidos radares e as especificações dos equipamentos.

Mantendo o trabalho conjunto que tem sido desenvolvido de forma profícua por todos os intervenientes, o concurso público para aquisição dos equipamentos em causa foi assim publicado hoje.

O Secretário Regional de Turismo e Cultura, Eduardo Jesus, mostra-se satisfeito pelo anúncio do procedimento recordando que há vários anos o Governo da Região tem chamado a atenção para a importância dos equipamentos em causa como forma de garantir maior operacionalidade ao Aeroporto da Madeira. “Quando se cancelam voos ou os aviões são obrigados a divergir por causa dos ventos sujeitos aos limites impostos em 1964, isso gera incerteza às companhias e retira competitividade à infraestrutura que é a maior porta de entrada na Região”, explica o governante. “Este tipo de radares está instalado noutros aeroportos do mundo e tem ajudado a otimizar as operações. É isso que se pretende que aconteça na Madeira, o mais célere possível”.


Anexos

Descritores