Este site utiliza cookies para uma melhor experiência de navegação. Ao navegar está a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de cookies aqui.
Pesquisar

Museu de Arte Contemporânea da Madeira inicia oficinas presenciais

As oficinas- visitas iniciaram este sábado e prolongam-se até agosto de 2020 30-05-2020 Turismo e Cultura
Museu de Arte Contemporânea da Madeira inicia oficinas presenciais

“Estamos a retomar, com as precauções e segurança recomendadas, e de forma gradual, as atividades nos museus, sendo que a primeira medida foi a reabertura a 14 de maio. O Museu de Arte Contemporânea da Madeira, no concelho da Calheta, dá o primeiro passo nas oficinas presenciais, direcionadas para crianças acompanhadas pelos familiares com quem residem, o que é um sinal positivo e de confiança nas medidas preconizadas pelo Governo Regional” referiu o Secretário Regional de Turismo e Cultura, ao Diário de Notícias da Madeira.

Ao DN, Eduardo Jesus recomenda às famílias com crianças e  que pretendem realizar as oficinas do referido museu, que sigam escrupulosamente as medidas de prevenção e segurança  que o MUDAS assinala, como a marcação atempada e respeitando o número limite de pessoas em cada oficina, pois desta forma “ as crianças poderão usufruir das atividades em segurança e sobretudo, vai permitir às famílias, atividades pedagógicas, num contexto lúdico e em ambiente diferente, que não a residência”.

O MUDAS. Museu de Arte Contemporânea da Madeira inicia este sábado, 30 de maio, o ciclo das visitas-oficina gratuitas para toda a família, com o limite máximo de cinco pessoas por oficina. Esta atividade irá decorrer todos os sábados até 1 de agosto, Às 10h30, 11h30 e 15h30.

Os interessados poderão escolher entre um conjunto variado de oficinas temáticas que compreendem diversas técnicas e formas de expressão artística.

Oficina criativa: (J)untar sab(C)ores

Nesta oficina os participantes são desafiados  a explorar a fotografia, procurando através da exploração de materiais inusitados, perspetivas diferentes da cor. Tendo como atelier a cozinha e os materiais que por lá abundam, o objetivo desta atividade é o de olhar para os vários ingredientes que se utilizam para cozinhar e misturá-los “criando composições e efeitos de cor únicos e surpreendentes.

Oficina criativa:” Repetições incrementais”

Exercícios que melhoram o desenho e a escrita. Nesta oficina pensada para crianças a partir dos 6 anos, o MUDAS propõe exercícios para melhorar o grafismo, a escrita, a concentração, a precisão e o relaxamento dos mais novos.

Oficina criativa: “Um pedaço de céu só para mim…”

A atividade propõe uma composição com recurso à técnica da mancha inspirada nas obras do artista Michael Biberstein para quem as pinturas "são sobre o que já não se vê, sobre uma disponibilidade para pensar com o corpo e ver com os olhos fechados".

 

Oficina Temática: “e se a tua estória fosse História? 

Apontamentos da História Local desde o povoamento da Madeira. Um enquadramento histórico da Casa das Mudas e da fundação do Museu de Arte Contemporânea da Madeira.

Oficina temática: “Revira (VOLTA)” 

Visita temática que aborda os contextos da revolução de abril, transpostos para a arte contemporânea, através da análise de obras do acervo e outras que nos questionam sobre a liberdade, a sociedade e a política.

Oficina temática: “Pensar diverso” 

Nesta visita, é lançado o desafio aos participantes a pensar o Homem em Sociedade. Uma proposta de visita imersiva que tem na arte contemporânea uma ferramenta para reflexão sobre os (pre)conceitos que assolam o ser social.

Oficina criativa: “Repetir, criar e recriar: Implementar a mudança” 

Uma visita focada na criação artística e nos seus desafios ao longo da História. Nas necessidades humanas espelhadas nos processos de repetição como mecanismo para alcançar determinados objetivos o simplesmente, ensaiar dada hipótese, alcançar uma melhoria ou uma satisfação pessoal, tendo por base os conteúdos apresentados na exposição “Repetições, mudanças incrementais” de Martim Brion.

Oficina criativa: “No comprimento da cor “

Os participantes são convidados a repensar as cores e os suportes. A cor poderá povoar áreas e objetos recriando novas leituras e escalas que desafiam a perceção, criando ou recriando espaços num jogo de linhas, formas, volumes e pigmentos. 

Oficina criativa: “Imprimindo sombras”

Oficina a ser realizada após a visita à exposição da coleção do Museu, numa tentativa de  tentar compreender as suas potencialidades técnicas, formais e simbólicas, explorando de forma prática várias técnicas de gravura e impressão.  

A  10 de junho,  Dia de Portugal de Camões e das Comunidades Portuguesas, o MUDAS.Museu preparou um desafio que tem por objetivo assinalar esta data, propondo às famílias a criação de uma composição gráfica com recurso à colagem, à eletrografia, à xerografia e até à palavra escrita, nas suas mais diversas formas e registos - sempre “fora da caixa”-, para em conjunto preparar um painel coletivo que terá Portugal como tema. O resultado será publicado nas plataformas digitais do Museu.

Ainda neste contexto alargado de programação o Museu tem programada a realização da 2ª edição da semana pedagógica do MUDAS.Museu que terá lugar entre os dias 29 de junho e 04 de julho. Esta segunda edição integra um programa variado, que privilegia também a produção e disseminação de conteúdos através das plataformas digitais do museu, com propostas que vão desde conferências online, visitas virtuais, visitas oficinas e temáticas, oficinas para bebés, animação digital para bebês e cinema infantojuvenil, entre muitas outras propostas.

Em 2019, o MUDAS registou 194 atividades e 4533 participantes.

 

 


Anexos

Descritores