Este site utiliza cookies para uma melhor experiência de navegação. Ao navegar está a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de cookies aqui.
Pesquisar

Criatividade, qualidade e originalidade nos Museus do Governo Regional

Dia Mundial da Criança 31-05-2020 Turismo e Cultura
Criatividade, qualidade e originalidade nos Museus do Governo Regional

“As atividades dos nossos museus, primam pela criatividade, qualidade e originalidade”, afirma o Secretário Regional de Turismo e Cultura. “Os serviços educativos prepararam um leque de projetos, aproveitando temáticas que suscitam a curiosidade e a imaginação das crianças, mas que também apelam ao sentido de união familiar, da afetividade, e da recuperação de hábitos de leitura e dos jogos tradicionais”. Eduardo Jesus cita como exemplo a atividade programada pelo Museu de Fotografia da Madeira, com a criação do caderno “Retoiça” , que recupera jogos que fazem parte “ da infância de muitos de nós, como “jogo da memória” ou “hastear da joeira”,  mas que se perderam no tempo e que pressupõe o apoio de familiares,  permitindo a partilha de conhecimentos entre gerações.”.  Voltar a realizar puzzles, permitir a interação com os artistas plásticos, disponibilizar online, os livros que marcam épocas e suscitar a curiosidade em elementos de vestuário, como as gravatas do Universo de Memórias, são, para o Secretário Regional de Turismo e Cultura, “ o exemplo do que uma equipa consegue concretizar, planificando com rigor e com sentido de interajuda para com a comunidade, em especial, desta faixa etária que é uma das preocupações do Governo Regional”. Em vésperas do Dia Mundial da Criança, Eduardo Jesus convida encarregados de educação e familiares, na participação nas diversas atividades agendadas pelos Serviços Educativos dos museus”.

Os museus do Governo Regional prepararam uma série de atividades para o Dia Mundial da Criança. Assim, o Museu de Fotografia da Madeira – Atelier Vicente’s irá proporcionar ao seu público mais novo, “Retoiça” – um caderno de atividades infantis com um conjunto de passatempos didáticos, indicado para todas as crianças  que tenham vontade em conhecer algum do espólio do museu,  de uma forma mais lúdica – recorrendo a fotografias do museu, serão apresentados, no caderno, jogos tradicionais, como jogo da memória, “quebra-cabeças”, jogo do labirinto, encontrar as diferenças, entre outros.

Estes passatempos serão apresentados na página do Facebook e no Instagram, num caderno de atividades.

 

MUDAS

Este ano as comemorações do Dia Mundial da Criança assumem uma importância muito especial tendo o MUDAS.Museu de Arte Contemporânea da Madeira,  preparado uma programação alargada que irá incluir conteúdos que se estenderão até ao dia 1 de agosto. 

A partir deste sábado, dia 30 de maio a equipa educativa do MUDAS.Museu, fará, em horários estipulados e com marcação prévia, visitas-oficina gratuitas para toda a família, às exposições em cartaz. O público poderá escolher previamente que tipo de visita e oficina que quererá fazer por entre um leque variado de opções. Esta oferta lúdico-pedagógica terá lugar todos os sábados entre 30 de maio e 01 de agosto.

Em adição a esta iniciativa o Museu continuará com as oficinas digitais. Agendada para o dia 1 de junho, assinalando simbolicamente o Dia Mundial da Criança, está a primeira oficina que tem por título /tema “vamos circular”. Nesta oficina digital os participantes são desafiados a explorar a composição com o recurso à fotografia, procurando pintar de forma criativa sem utilizar tintas.

 

Centro Cultural John Dos Passos

O centro cultural   propõe às crianças, a realização de um desenho ou trabalho manual, baseado na frase “Ser criança é…”. As fotos dos trabalhos devem ser enviadas parajohndospassos.drc.srtc@madeira.gov.pt até ao dia 31 de maio, identificando o nome, idade e concelho a que pertencem.

Os trabalhos serão publicados na página do Facebook no dia 01 de junho.

 

Museu Etnográfico da Madeira

O Museu Etnográfico da Madeira irá comemorar este dia com a apresentação nas páginas das redes sociais e nas plataformas digitais, da atividade “O Puzzle do Sardas”, um jogocriado pelos Serviços Educativos para os mais pequeninos. 

Com esta atividade, pretende-se explorar as coleções do museu, patentes ao público numa das suas salas de exposição permanente, a sala da Pesca. Trata-se de um puzzle, ilustrado com a imagem de uma perspetiva daquele espaço de exposição, onde se destacam peças como o “xavelha”, a “cabrita”, o “ceirão”, entre outras.

Os participantes irão construir o seu puzzle e poder jogar, fomentando o desenvolvimento de diferentes habilidades e competências. Pretende-se dar a conhecer o património etnográfico, através de momentos de diversão e entretenimento, em grupo/família, incentivando a coordenação de equipa e a capacidade de tolerância e paciência e a aquisição de competências ao nível da resolução de problemas.

 

Quinta Magnólia - Centro Cultural

Nas comemorações do Dia Internacional da Criança, a Quinta Magnólia – Centro Cultural propõe uma atividade online que pode ser experienciada na sua página de facebook.

A atividade envolve um vídeo com a apresentação de todos os peluches que fizeram parte da instalação “Furry Tales” de Ricardo Barbeito e que integrou a exposição “Em viagem”, bem como   outro vídeo em que o artista vai interagir com o público mostrando imagens inéditas da preparação da referida instalação. Nesta conversa, Ricardo Barbeito vai propor algumas atividades lúdicas e cujos resultados  poderão posteriormente ser enviados para o  e-mail  magnoliacentrocultural@gmail.com

Museu Quinta das Cruzes

 

Partindo do conto “Artes Decorativas… e Criativas” publicado no ano 2013, no Boletim Infantil MQC n.º 6, o museu convida os mais pequenos a celebrar o Dia da Criança e a descobrir, através da leitura e brincadeira, uma das principais funções do museu: o inventário das obras de arte.

Com jogos, desafios e na companhia das personagens desta história, cada criança poderá aventurar-se, a partir de casa, a conhecer melhor como se realiza um dos trabalhos mais cativantes do museu.

A atividade online será publicada no dia 01 de junho nas diversas plataformas digitais do Museu Quinta das Cruzes.

 

Casa – Museu Frederico de Freitas

Para celebrar o Dia da Criança a Casa-Museu Frederico de Freitas disponibilizará no dia 1 de junho, através da sua página de Facebook, a versão digital do livro infantojuvenil “As Crianças da Casa da Calçada”. A publicação, dos Serviços Educativos da Casa-Museu, lançada em papel em 2014 e disponível para venda na Casa-Museu ou na Loja Livros da Direção Regional de Cultura, é agora divulgada on-line com o objetivo de ficar acessível a um público mais vasto. Pretende-se desta forma incentivar o gosto pela leitura e colmatar o facto de este ano, devido às condicionantes impostas pela COVID-19, não podermos realizar atividades presenciais.

O livro “As Criança da Casa da Calçada” é uma forma diferente e especialmente vocacionada para os mais novos, de abordar o museu e as suas coleções. É uma narrativa fictícia que se desenvolve a partir de personagens, crianças representadas em peças do acervo.  O enredo reaviva valores intemporais, como a amizade, a interajuda, o respeito pela diferença e pelos outros e valoriza qualidades como a curiosidade e a criatividade. A apresentação dos diferentes objetos, a interligação das várias culturas que os originaram e sua transposição para a ilha, com as suas vivências e costumes próprios, são fatores enriquecedores e aliciantes que permitem oferecer algo de menos habitual. “As Crianças da Casa da Calçada” é uma visita temática orientada pelos diferentes espaços do museu, que introduz assuntos relacionados com a Arte e suas técnicas, nomeadamente a escultura, a pintura, a gravura e a cerâmica. É complementada com ateliê de expressão plástica e encontra-se disponível no Programa Anual do Serviço Educativo da Casa-Museu, para escolas ou grupos, mediante marcação prévia, o que esperamos em breve tornar possível.

Em alternativa e para complementar o livro, será apresentado na mesma rede social, um caderno de atividades lúdicas, com desafios e jogos para realizar em família, com o objetivo de proporcionar alguns momentos de diversão e lazer. 

Universo de Memórias João Carlos Abreu

“Gravatas há muitas!!” é a atividade, online, escolhida pelo Universo de Memórias para a comemoração do Dia Mundial da Criança 2020.

Com uma coleção de gravatas que ronda um milhar de exemplares, o Universo pretende agora abordar uma das coleções que muita controvérsia gerou sendo a mais odiada, mas também a mais amada das coleções. Este ícone de “memórias” acompanhou, todos os dias, a vida profissional de João Carlos Abreu durante mais de 60 anos. Por ser a peça menos triste da indumentária masculina e o único toque de fantasia consentido a todos os homens, João Carlos Abreu viu na gravata não uma peça confortável, mas uma maneira poética de mostrar a sua personalidade, o seu estado de espírito e a maneira otimista como vê o mundo.

O Universo de Memórias apresenta em vídeo, a história da gravata, a origem do nome e dos padrões, apresentando também, as diversas formas de nós de gravata, deixando a sugestão da confeção de uma gravata em origami.

As atividades dos museus do Governo Regional podem ser acompanhadas nas respetivas plataformas digitais.

 


Anexos

Descritores