Este site utiliza cookies para uma melhor experiência de navegação. Ao navegar está a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de cookies aqui.
Pesquisar

«Vamos conseguir ultrapassar esta crise»

Miguel Albuquerque diz que se todos trabalharmos em conjunto e formos tenazes, como os nossos antepassados o forma na ultrapassagem de dificuldades, a Madeira vai conseguir superar esta crise. 30-06-2020 Presidência
«Vamos conseguir ultrapassar esta crise»

Miguel Albuquerque acredita que a Região tem todas as condições para ultrapassar a situação difícil que atravessa, devido à pandemia. Mas, para tal, diz é fundamental acreditar e trabalhar todos, em conjunto.

Uma mensagem deixada hoje, no final da tarde, no Museu das Cruzes, durante a apresentação do projeto “Madeira”, que concilia a promoção, em vídeo, da ilha com as vozes de alguns dos nossos melhores cantores.

O presidente do Governo Regional elogiou o projeto, sublinhando que o mesmo é da vontade de vários agentes, destacando o papel de Maria da Paz, acentuando que a ideia do Governo, com a iniciativa, foi colaborar com os artistas. E diz que, mesmo com a pandemia, foi decidido sempre, no seio do seu Governo, não abandonar os artistas, a Cultura.

«A Cultura é um alicerce fundamental da nossa sociedade. Um dia que abandonemos a Cultura estará tudo perdido», enfatizou.

Miguel Albuquerque lembrou as dificuldades dos artistas da sua geração, no acesso ao ensino musical, frisando que nunca pensou que seria possível assistir a uma situação em que os jovens têm acesso fácil às artes e à expressão musical.

Tal como, lamentou, nunca pensou assistir à situação que se vive hoje no mundo, na Madeira, com a pandemia.

Nestes momentos, realçou, é preciso pensar na tenacidade dos nossos antepassados, recordarmos o que sofreram e a forma como foram capazes de ultrapassar as dificuldades.

«Penso que, apesar das dificuldades, vamos ultrapassar esta situação e vamos voltar, de novo, a fazermos todos aquilo que gostamos. Com liberdade, com criatividade», disse.

Antes, tinha recordado momentos que partilhou com alguns dos músicos mais antigos, como Vítor Sardinha, que foi seu guitarrista, na banda Ocasional. E enalteceu a figura de Vasco Freitas.


Anexos

Descritores