Este site utiliza cookies para uma melhor experiência de navegação. Ao navegar está a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de cookies aqui.
Pesquisar

Vinda da RyanAir para a Madeira é excelente solução para a Região

Miguel Albuquerque diz que a vinda da Ryanair para a Madeira, com ligações regulares nacionais e internacionais, vai melhorar a mobilidade, aumentar a competitividade do destino, disponibilizar melhores preços e permitir maior circulação de pessoas para a Região. 23-11-2021 Presidência
Vinda da RyanAir para a Madeira é excelente solução para a Região

O presidente do Governo Regional diz que a vinda da Ryanair para a Madeira é uma excelente notícia e uma boa solução para a Madeira, para a companhia e para os madeirenses. Miguel Albuquerque sublinha que a operação da companhia irlandesa representa mais de 350 mil novos lugares por ano, ou seja, um aumento de 22% nos lugares disponíveis.

Miguel Albuquerque falava hoje de manhã, no Aeroporto Internacional da Madeira - Cristiano Ronaldo, onde decorreu a conferência de imprensa de apresentação da base da Ryanair na Madeira. E antes de ter visitado o avião da companhia low cost irlandesa, que aterrou ontem no nosso aeroporto.

O líder madeirense sublinha que a Região terá, já a partir do próximo verão IATA, mais 21 ligações semanais nacionais (Porto e Lisboa) no verão e 12 ligações semanais (Porto e Lisboa) no inverno. «São mais 140 mil lugares no verão e 41 mil no inverno. São 181 mil lugares disponíveis na operação doméstica, o que é muito importante para todos nós», sublinhou.

O governante salienta a importância de se ter mais uma companhia a operar no mercado, ao nível das ligações domésticas, «o que significa mais mobilidade para os residentes nacionais».

«Ao nível de rotas internacionais, teremos oito rotas (seis novas), o que significam 21 ligações semanais no verão e 18 no inverno. Ou seja, 120 mil no verão e 66 mil no inverno, 186 mil no total», enfatizou.

Portanto, no conjunto dos mercados nacional e internacional, «são mais de 360 mil lugares novos».

«Vamos ter maior e melhor circulação de pessoas, melhores preços, maior competitividade do destino, oferta de mobilidade reforçada ao nível do turismo, mas também para os residentes. Acho que é uma grande solução para os madeirenses. E termos aqui dois aviões e um pequeno hub também é muito importante», reforçou.

Mas, Miguel Albuquerque começou a sua intervenção, em inglês, dirigindo-se a Eddy Wilson, presidente da transportadora, que exibia com orgulho uma camisola com o número 7, numa alusão ao internacional madeirense a jogar no Manchester United. Agradeceu a aposta, sublinhou que tanto a Região como a companhia ganham com a mesma e frisou a importância para a Região da vinda para cá de uma companhia tão conhecida e de tanto sucesso como a Ryanair

Explicou ainda o porquê de ter-se escolhido no nome de Cristiano Ronaldo e salientou a importância da operação.

 


Anexos

Descritores