Este site utiliza cookies para uma melhor experiência de navegação. Ao navegar está a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de cookies aqui.
Pesquisar

Madeira tem 42 áreas balneares com água de “excelente qualidade”

“De 24 águas balneares classificadas em 2015 com excelente qualidade, passamos para 42 em 2019, mais 75%”, sublinhou Susana Prada, assegurando que “desapareceram as águas de má qualidade”. 15-05-2019 Ambiente e Recursos Naturais
Madeira tem 42 áreas balneares com água de “excelente qualidade”

O arquipélago da Madeira dispõe de 42 praias com água de “excelente qualidade”, mais 75% do que em 2015, quando foi aprovada a estratégia MaRaM - Poluição Zero no Mar, revelou hoje a secretária do Ambiente e Recursos Naturais.


“Em 2015, fomos confrontados com a existência de quatro águas balneares de má qualidade e definimos uma estratégia para ultrapassar esta situação”, lembrou Susana Prada, vincando que passados quatro anos foi possível “melhorar a qualidade da água do mar e aumentar o número de áreas balneares”.

A governante falava na abertura da IV Conferência Regional MaRaM, que decorre no Funchal, onde são analisadas as acções de sensibilização para a problemática da poluição do mar, nomeadamente das águas costeiras, bem como as medidas adoptadas ao nível da educação ambiental e identificação dos focos de poluição.

“De 24 águas balneares classificadas em 2015 com excelente qualidade, passamos para 42 em 2019, mais 75%”, sublinhou Susana Prada, assegurando que “desapareceram as águas de má qualidade”.

No programa Bandeira Azul (símbolo europeu de qualidade da água das praias), a região autónoma tinha 11 praias galardoadas em 2015, que aumentaram para 17 este ano.

“Estamos convencidos que estamos no bom caminho”, disse Susana Prada, destacando a participação das corporações de bombeiros, escolas de mergulho, clubes, associações e cidadãos em diversas operações de limpeza do mar.

Anexos

Descritores