Este site utiliza cookies para uma melhor experiência de navegação. Ao navegar está a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de cookies aqui.
Pesquisar

Redes de Cooperação RUP

Domínios: Emprego e Energia 29-05-2017 Direção Regional Dos Assuntos Europeus
Redes de Cooperação RUP

REDE RUP EMPREGO

 

No III Fórum das Regiões Ultraperiféricas da União Europeia, realizado em 2014, foi assinado pelos nove Presidentes das RUP, o Acordo de criação da Rede para o Emprego entre as Regiões Ultraperiféricas da União Europeia

O Acordo visa estabelecer uma cooperação no combate à problemática do desemprego nas Regiões Ultraperiféricas, principalmente do desemprego jovem (que apresenta taxas superiores a 50%), permitindo através da criação da Rede estabelecer uma estratégia de ação conjunta, a partilha de experiências, a apresentação de projetos comuns, assim como a identificação de novos nichos de emprego.

Em julho de 2015, e no âmbito dos trabalhos da Rede, foi apresentado um Plano Choque Emprego, que esteve em foco no Seminário sobre o Emprego nas Regiões Ultraperiféricas, organizado pela Comissão Europeia e pelo Comité Económico e Social Europeu, nos dias 9 e 10 de março de 2016, em Bruxelas. 

Este Plano Choque visa precisamente apoiar a criação e consolidação de empregos “verdes e azuis” relacionados especificamente com a agricultura, proteção da biodiversidade, património rural, turismo durável e crescimento azul, novas tecnologias para tratamento de resíduos e energias renováveis, integrando uma dimensão social e ambiental inovadora.

 


REDE RUP ENERGIA

 

As Regiões Ultraperiféricas apresentam uma forte dependência externa aos combustíveis fósseis e um aprovisionamento energético com custos acrescidos devido à sua situação geográfica e à pequena dimensão dos seus mercados. Mas também oferecem condições ideais como ecossistemas de inovação aberta para a demonstração de novas tecnologias. 

A cooperação entre as Regiões Ultraperiféricas é fundamental para a defesa das especificidades e necessidades destas regiões, assim como para o desenvolvimento das suas potencialidades, designadamente no domínio das energias renováveis.

Nesse sentido, foi assinado no Funchal, na Conferência dos Presidentes das Regiões Ultraperiféricas, em 22 e 23 de setembro de 2016, o Acordo de criação da Rede Energia entre as Regiões Ultraperiféricas da União Europeia.

Através desta Rede, as Regiões Ultraperiféricas pretendem nomeadamente promover o desenvolvimento de uma estratégia comum junto da União Europeia em matéria energética, assim como o intercâmbio de experiências e de projetos conjuntos de investigação e valorização de energias limpas, com o propósito de alcançar os objetivos da Estratégia Europa 2020.