Este site utiliza cookies para uma melhor experiência de navegação. Ao navegar está a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de cookies aqui.
Pesquisar

Quem Somos

DSDE, quem Somos? 12-07-2018 Direção Regional de Educação
Quem Somos
















A Direção de Serviços do Desporto Escolar pretende fazer com que todos os alunos integrados no sistema educativo da Região Autónoma da Madeira pratiquem atividades físicas e desportivas de forma regular. 

 

Missão

Utilizar as práticas físicas e desportivas como meio de formação integral das crianças e jovens em idade escolar, de inclusão, de aquisição de hábitos de vida saudáveis e de combate ao insucesso e ao abandono escolar.

 

Valores

  • - Trabalho / espírito de equipa: Conjugação de esforços no sentido de manter a equipa (estrutura regional) motivada na busca pelas melhores soluções que proporcionem atividades ricas e diversificadas aos nossos alunos.

- Inovação: Nas estratégias, nas iniciativas, nos processos, como forma de promover a participação ativa dos jovens nas atividades, envolvendo a comunidade em geral na organização das mesmas.
- Inclusão: Permitir igualdade de oportunidades no acesso às práticas físicas e desportivas no respeito pela individualidade de cada um.
- Comunicação: Divulgar as boas práticas para o exterior como forma de garantir o reconhecimento da comunidade envolvente acerca do trabalho desenvolvido.
- Qualidade: Assumir as suas tarefas com responsabilidade e dedicação como forma de atingir a excelência na organização dos eventos, contribuindo para a melhoria dos desempenhos dos alunos.

 

Princípios

- A SRE / DRE regula e avalia todo o sistema.

- A escola é a estrutura central de todo o processo educativo, a quem deve ser reforçada a autonomia e a responsabilidade.
- A DSDE apoia as escolas no desenvolvimento dos seus projetos educativos.
- O processo deve estar em constante avaliação como forma de estimular as boas práticas.

 

Objetivos

- Melhorar a oferta desportiva: reforçando a atividade interna e o acesso às atividades disponíveis, nomeadamente aquelas cujas especificidades técnicas exigem condições especiais, bem como a atividades dirigidas a alunos com necessidades educativas especiais.
- Estimular a procura pelo desporto escolar: aumentando as taxas de participação desportiva, nomeadamente no ensino secundário e o número de eventos realizados
- Melhorar a qualidade da prática desportiva escolar: ao nível do desempenho dos alunos, não só como praticantes mas também como árbitros e outras funções ligadas ao desporto, reforçando a formação dos mesmos nas diferentes áreas de intervenção e os docentes envolvidos no projeto do Desporto Escolar.
- Reforçar o trabalho multidisciplinar, as parcerias e os patrocínios: começando pela própria escola, articulando o Desporto Escolar com a Educação Física e outras disciplinas do currículo, com o Desporto Federado, passando pela estreita colaboração com organizações públicas e privadas de modo a rentabilizar meios disponíveis e conseguir fontes de financiamento fora do âmbito da educação.
- Consolidar o modelo já existente: promovendo a constante avaliação do processo e a comunicação interna e com o exterior, alargando a disciplina de Expressão e Educação Físico Motora a todo o Pré-Escolar.


Anexos

Descritores