Este site utiliza cookies para uma melhor experiência de navegação. Ao navegar está a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de cookies aqui.
Pesquisar

Acessibilidade e Ajudas Técnicas

Acessibilidade e Ajudas Técnicas 15-06-2020 Direção Regional de Educação
Acessibilidade e Ajudas Técnicas

A equipa da Divisão de Acessibilidade e Ajudas Técnicas desenvolve, na Região Autónoma da Madeira, atividades e projetos, na área das Tecnologias de Apoio na Educação. 
 

Tecnologias de Apoio na Educação incluem todos os processos de avaliação e aconselhamento na utilização de ajudas técnicas/produtos de apoio* e acessibilidade**, no acesso dos espaços, bem como no acesso às TIC nos estabelecimentos de educação e ensino.

Nas atividades desenvolvidas junto dos alunos e de outras pessoas com deficiências e / ou incapacidade, procuramos divulgar boas práticas e inovar nesta área, numa perspetiva de complementaridade com as equipas de intervenção nos estabelecimentos de educação e ensino, junto das famílias e em outros serviços ou instituições.
 

Todos os projetos desenvolvidos desde 2002, assim como os projetos atuais "Teleaula-Aprender Sem Barreiras" (criado em 2004) e "Todos Podem Ler" (criado em 2011) têm um denominador comum: surgiram das necessidades de pessoas. 
Têm como finalidade facilitar o acesso à informação, ao conhecimento, à aprendizagem escolar ou a readaptação profissional ou social, através da utilização de ajudas técnicas e outras adaptações tecnológicas, a produção e edição de conteúdos em formatos acessíveis ou a criação de condições de acessibilidade que permitam uma participação equitativa na comunidade.

A equipa da Divisão de Acessibilidade e Ajudas Técnicas 
é constituida por: docentes especializados, técnicos superiores de educação, terapeutas ocupacionais, psicomotricistas, engenheiro informático, assistentes técnicos e assistente operacional, áreas estas determinantes para um atendimento interdisciplinar, específico e inovador. 

* Ajudas técnicas/produtos de apoio, são qualquer produto, instrumento, equipamento ou sistema técnico usado por uma pessoa com deficiência, especialmente produzido ou disponível e que previne, compensa, atenua ou neutraliza a limitação funcional ou de participação (computador,  mesa adaptada, colher adaptada, jogos para alunos cegos, ratos adaptados, lupas, lápis adaptados, cadernos adaptados, entre outros). Fonte: Decreto Legislativo Regional n.º 24/2018/M.

** Acessibilidade é um conceito lato que significa a possibilidade de acesso a todas as pessoas ao meio edificado, à via pública, aos transportes e às tecnologias de informação e comunicação, com o máximo possível de autonomia e de usabilidade. Garantir a acessibilidade ao meio envolvente, isto é, aos bens, serviços, produtos e equipamentos, é assegurar as condições para o exercício de cidadania e de autonomia a todas as pessoas. Fonte: Decreto-Lei nº163/2006, de 8 de Agosto.