Este site utiliza cookies para uma melhor experiência de navegação. Ao navegar está a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de cookies aqui.

Parlamento dos Jovens está de regresso

Iniciativa decorreu no Centro de Juventude do Funchal. 07-11-2019 Direção Regional de Juventude e Desporto
Parlamento dos Jovens está de regresso

Decorreu ontem, no Centro de Juventude do Funchal, a apresentação do Parlamento dos Jovens, programa que tem como público-alvo os estudantes do ensino básico e do secundário.

O tema escolhido para a edição deste ano é “Violência Doméstica e no Namoro: como garantir o respeito e a igualdade?”. Esta temática escolhida de entre as propostas apresentadas pelos jovens no ano transato, constituirá certamente uma oportunidade de reflexão exaustiva sobre assunto, que é de grande relevância social.

O Parlamento dos Jovens foi apresentado por elementos da Direção Regional de Juventude e Desporto, entidade responsável pelo programa ao nível do secundário e pela Direção Regional de Educação, órgão responsável pelo ensino básico.

Na reunião dirigida aos professores foram apresentados os parceiros, os objetivos do programa, o aumento significativo das escolas participantes em todo o país, o novo logotipo e o regimento, que é agora comum a ambos os níveis de ensino, assim como os pormenores relacionados com as sessões escolares, a sessão regional e a nacional.

O Parlamento dos Jovens tem como objetivo educar para a cidadania, estimulando o gosto pela participação cívica e política, assim como promover o debate democrático, o respeito pela diversidade de opiniões e pelas regras de formação das decisões.

O Parlamento dos Jovens é uma iniciativa da Assembleia da República, realizada em parceria com o Ministério da Educação, através da Direção-Geral dos Estabelecimentos Escolares (DGEstE), as Assembleias Legislativas das Regiões Autónomas dos Açores e da Madeira, a Direção-Geral dos Assuntos Consulares e das Comunidades Portuguesas, o Instituto Português do Desporto e Juventude, IP (IPDJ), as Direções Regionais da Educação e da Juventude da Região Autónoma dos Açores e as Direções Regionais de Educação e de Juventude e Desporto da Região Autónoma da Madeira

Na Madeira, participam este ano no Parlamento dos Jovens 21 escolas ao nível do ensino básico e secundário, colocando em evidência a relevância que este tipo de iniciativas representa em termos de interesse e participação cívica, junto dos jovens.