Este site utiliza cookies para uma melhor experiência de navegação. Ao navegar está a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de cookies aqui.

Emissões de CO2 da Região alvo de quantificação

Neutralidade carbónica em 2050. 06-10-2020 Ambiente, Recursos Naturais e Alterações Climáticas
Emissões de CO2 da Região alvo de quantificação

O Governo Regional, através da Secretaria Regional de Ambiente, Recursos Naturais e Alterações Climáticas promoveu uma reunião de apresentação e discussão dos primeiros resultados do Inventário Regional de Emissões por Fontes e Remoção por Sumidouros de Poluentes Atmosféricos (IRERPA 1990-2018) aos membros do Grupo de Acompanhamento.

Para a secretária regional de Ambiente, Recursos Naturais e Alterações Climáticas, Susana Prada, “o Inventário de Emissões de Poluentes Atmosféricos e Remoção por Sumidouros é um instrumento fundamental na consecução do objetivo da neutralidade carbónica até 2050. Permite, com transparência e fiabilidade, identificar e quantificar as fontes emissoras de gases com efeito de estufa (GEEs) e a capacidade sumidoura das florestas e solos, essencial na definição de políticas de mitigação das alterações climáticas. Os setores considerados relevantes para integrar o Inventário de Emissões são Energia, Agricultura, Pecuária, Florestas, Transportes, Indústria, Uso do Solo, Resíduos e Economia Circular”, disse a governante.

Este encontro contou com a presença da empresa CAOS - Borboletas e Sustentabilidade, Lda., através de dois especialistas em políticas de mitigação e adaptação às alterações climáticas e com experiência na elaboração de Inventários de Emissões por Fontes e Remoção por Sumidouros de Poluentes Atmosféricos em Portugal e no estrangeiro.

Para além dos técnicos da Direção Regional do Ambiente e Alterações Climáticas, o Grupo de Acompanhamento conta com representantes do Instituto das Florestas e Conservação da Natureza, da empresa Águas e Resíduos da Madeira, da Direção Regional do Ordenamento do Território, da Agência Regional de Energia e Ambiente da Madeira, da Empresa de Electricidade da Madeira, da empresa Atlantic Island Electricity, da Direção Regional de Agricultura, da Direção Regional de Economia e Transportes Terrestres, da Secretaria Regional do Turismo e Cultura, da Direção Regional de Estatística da Madeira e da Administração dos Portos da Região Autónoma da Madeira.

O Sistema Regional de Emissões por Fontes e Remoção por Sumidouros de Poluentes Atmosféricos constitui uma componente da participação da Direção Regional de Ambiente, Recursos Naturais e Alterações Climáticas no projeto MAC CLIMA apoiado pelo Programa INTERREG MAC 2014-2020, dedicado à observação climática como ferramenta para o fomento da resiliência e adaptação às Alterações climáticas.