Este site utiliza cookies para uma melhor experiência de navegação. Ao navegar está a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de cookies aqui.
Pesquisar

Albuquerque condecorado com a Medalha Cruz de São Jorge

A imposição pelo Chefe do Estado-Maior-General das Forças Armadas, Almirante António da Silva Ribeiro, decorreu no âmbito da apresentação da obra “Do Caos à Esperança – As Forças Nacionais Destacadas na República Centro Africana, Janeiro 2017 – Março 2020” 15-06-2021 Presidência
Albuquerque condecorado com a Medalha Cruz de São Jorge

O Chefe do Estado-Maior-General das Forças Armadas, Almirante António Silva Ribeiro, condecorou segunda-feira, 14 de junho, o Presidente do Governo Regional, Miguel Albuquerque, com a Medalha Cruz de São Jorge, Primeira Classe, pela elevada competência técnico-profissional e extraordinário desempenho de funções, consubstanciadas num permanente e notável esforço para o fortalecimento das relações entre a Região Autónoma da Madeira e as Forças Armadas.

O Estado-Maior-General releva ainda a postura institucional e pessoal, o grande espírito de iniciativa e a proximidade com que Miguel Albuquerque, na sua ação governativa, trata aqueles que têm projetado a imagem de Portugal no Mundo, especialmente os que têm partido da Região para missões complexas, como é o caso do contingente recentemente destacado para o Iraque.

Na ocasião, Miguel Albuquerque indicou que as Forças Armadas constituem um dos pilares fundamentais da Nação, realçando que a Região continuará a reforçar os laços de cooperação como é exemplo o protocolo ainda recentemente assinado entre a Região, as Forças Armadas e a ARDITI com o objetivo de aplicar e desenvolver tecnologia tendo em vista a fiscalização e efetivação da soberania sobre a plataforma continental e águas territoriais.

A cerimónia na Quinta Magnólia visou igualmente a apresentação do livro “Do Caos à Esperança – As Forças Nacionais Destacadas na República Centro Africana, Janeiro 2017 – Março 2020”.

A obra da autoria do general Marco Serronha e da jornalista Cristina Costa e Silva aborda o quotidiano dos militares portugueses naquele país, através de testemunhos dos comandantes das seis Forças Nacionais Destacadas.