Este site utiliza cookies para uma melhor experiência de navegação. Ao navegar está a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de cookies aqui.

Albuquerque denuncia “produtos de publicidade política”

Miguel Albuquerque contesta os “produtos de publicidade política”, que falam muito em pessoas de forma abstrata, mas que não trabalham nem avançam com medidas para essas pessoas. 04-01-2019 Presidência
Albuquerque denuncia “produtos de publicidade política”

Miguel Albuquerque criticou, há pouco, na Calheta, na inauguração de uma exploração agrícola, “os produtos de publicidade política”, que «estão sempre a falar das pessoas de forma abstrata» e a dar beijinhos" e a «deixar fotografias no Facebook».«Isso não são políticas, isso é falar no abstrato. O que é preciso é ter um caminho de desenvolvimento, de criação de emprego, de melhorar os rendimentos das famílias. Nós, em vez de falar de pessoas, preferimos trabalhar para as pessoas, ir ao encontro da resolução das suas carências e dos seus anseios», defendeu.É esta política de trabalhar para as pessoas, são as várias medidas que o Govenro Regional vem implementando que permitiu um crescimento económico consecutivo há 64 meses, a mais baixa taxa de desemprego em 11 anos, um crescimento enorme do investimento privado e do investimento público e várias medidas de coesão social.Entre estas, lembrou os apoios sociais às populações mais vulneráveis e ainda os registados na Educação e na Saúde.O governante recordou ainda que a Madeira é a única Região do País que reduziu a carga tributária, exemplificando com a redução de 20% do IRS e com descidas em todos os escalões e ainda com a diminuição do IRC para 13% (a taxa mais baixa no País) para as pequenas e médias empresas.