Este site utiliza cookies para uma melhor experiência de navegação. Ao navegar está a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de cookies aqui.
Pesquisar

Albuquerque elogia padre Rui e produtores de sidra

O presidente do Governo elogiou hoje, nos Prazeres, o trabalho desenvolvido pelo padre Rui Sousa na preservação do património natural da Região. E enalteceu ainda os produtores de sidra. Para ambos garantiu mais apoios. 30-06-2019 Presidência
Albuquerque elogia padre Rui e produtores de sidra

O presidente do Governo Regional elogiou hoje, na Mostra da Sidra dos Prazeres, uma organização da Quinta Pedagógica local, o trabalho desenvolvido pelo padre Rui Sousa e ainda pelos agricultores e produtores de peros e maças, sublinhando que a Madeira tem já 10 pereiros e macieiras no catálogo nacional de frutaria.

Falando para a multidão que se deslocou aos Prazeres, Miguel Albuquerque, começou por enaltecer o trabalho do padre Rui, que «tem um trabalho notável não só na área pastoral como também na área social em ainda na área do património».

«O que o padre Rui tem feito é proteger o nosso património ao nível das espécies, dos costumes, ao nível da etnografia e sobretudo através desta ação que tem tido, da Quinta Pedagógica dos Prazeres, que vem chamando a atenção para a necessidade de preservação de várias espécies e daquilo que temos de melhor, como é o caso deste pereiro dos Prazeres, que tem particularidades diferentes e que fará parte do catálogo de pereiros e macieiras da nossa terra», anunciou.

Para além disso, acrescentou, «tem tido um papel fundamental no apoio e na valorização dos nossos produtos e dos nossos produtores e agricultores e acho que isso é digno do nosso reconhecimento». «Pode continuar a contar connosco, com o nosso apoio para continuar com esta obra notável, que tem feito aqui nos Prazeres», disse ainda.

Agradecimentos e apoios que estendeu a todos os produtores de sidra, não só os dos Prazeres, mas da ilha. Perante produtos vindos de toda a Madeira, o governante disse tratar-se de um produto único, «que importa valorizar e que vamos continuar a apoiar».

A finalizar, o anúncio de que a Madeira já tem 10 pereiros/macieiras registados no catálogo nacional das fruteiras. «São espécies únicas, que já estão registadas. É um trabalho que resultou da ação do Governo da Universidade da Madeira e da Associação de Agricultores da Madeira e, no futuro, vamos continuar a descobrir novas espécies de pereiros e macieiras. São espécies que não existem em mais lado algum», concluiu.