Este site utiliza cookies para uma melhor experiência de navegação. Ao navegar está a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de cookies aqui.
Pesquisar

ESTADO DE EMERGÊNCIA - Cidadãos confinados ao agregado familiar

Mensagem do Presidente do Governo: “é a única forma de garantir que o vírus não tem efeitos devastadores” 19-03-2020 Presidência
ESTADO DE EMERGÊNCIA - Cidadãos confinados ao agregado familiar

O Presidente do Governo Regional, Miguel Albuquerque, vincou quinta-feira, 19 de março, em conferência de imprensa, via SKYPE, que o confinamento, pelas famílias madeirenses e porto-santenses, é “a única forma de garantir que o vírus não tem efeitos devastadores, em termos de contaminação, na região autónoma”.

“Queremos que as pessoas fiquem confinadas ao seu agregado familiar, na medida do possível”, afirmou o Chefe de Governo.

“É quase impossível dizer para as pessoas ficarem permanentemente em casa, mas o que nós pretendemos é que as deslocações e os contactos sejam restringidos ao máximo, independentemente de as pessoas irem trabalhar e as empresas e a economia continuarem a trabalhar”, salientou.

Resoluções anunciadas pelo Presidente do Governo Regional disponíveis para consulta em  https://joram.madeira.gov.pt/joram/1serie/Ano%20de%202020/ISerie-050-2020-03-19sup.pdf


Anexos

Descritores