Quinta do Imperador com entrada livre aos domingos e feriados

Os Jardins da Quinta do Imperador 09-04-2018 Ambiente e Recursos Naturais
Quinta do Imperador com entrada livre aos domingos e feriados

A marcar o dia da abertura oficial ao público dos Jardins do Imperador, realizou-se a 3.ª edição do Monte do Imperador, organizada pela Junta de Freguesia do Monte. 

Uma das “Quintas” mais emblemáticas da Madeira, pelo facto de aí ter residido o Imperador Carlos da Áustria, após o seu exílio, na Madeira, em 1921. No dia 1 de abril de 1922, o Imperador faleceu, na Quinta, aos 34 anos.

A Quinta tem cerca de 4,5 hectares, localiza-se no Sítio do Pico – Monte.  Apresenta uma grande diversidade de espécies vegetais que acompanhou a história daquele espaço, mas com o abandono da propriedade durante alguns anos, as espécies invasoras ou infestantes (acácias, silvado, carqueja,…) desenvolveram-se muito, situação que colocava em perigo tanto pessoas como bens

 

Para que o Governo Regional abrisse, novamente, este espaço ao público, foi necessário iniciar trabalhos de recuperação de toda a área da Quinta:

Eliminação de espécies invasoras

. Recuperação e reforço da coleção de roseiras existente nos Jardins junto à torre Malakoff

Recuperação de diversos varandins de urze que estavam destruídos, numa extensão superior a cem metros, principalmente no caminho norte da Quinta
Limpeza de diversos caminhos, alguns que estavam completamente escondidos com vegetação e terra, de modo a “devolver” aos visitantes a rede de caminhos da Quinta, grande parte em calçada típica madeirense

A abertura deste espaço irá contribuir com mais uma oferta, principalmente, para os amantes da Natureza e das plantas. Mantém uma oferta botânica rica, como é exemplo as sequoias, as faias-europeias, as criptomérias, a bela-sombra, as magnólias, as camélias entre outras espécies



Anexos

Descritores