Susana Prada apela à prática da economia circular

A aplicação de uma economia circular, além de um objetivo político, é um dever de todos, dado o impacto significativo na redução de emissão de gases com efeito de estufa para a atmosfera 26-01-2018 Ambiente e Recursos Naturais
Susana Prada apela à prática da economia circular A Secretária Regional do Ambiente e Recursos Naturais, Susana Prada, foi sensibilizar o Presidente da Assembleia Legislativa da Madeira para as vantagens da prática da economia circular. Depois de fazer a entrega de 47 garrafas de vidro reutilizável, produzidas no âmbito de uma campanha cofinanciada pelo Fundo POSEUR  e que  se enquadra na estratégia da União Europeia para 2020 e na vertente ambiental da Agenda das Nações Unidas para 2030, no âmbito do desenvolvimento sustentável, a governante explicou que «existia uma ideia errada de que ao crescimento económico está associado um aumento da extração de recursos naturais, o que não é verdade... desde que se aplique o conceito da economia circular, cujo princípio basilar é que todos os resíduos sejam materiais que podem voltar a ser usados».

A ação de sensibilização realizada pelo Governo Regional, através da Água e Resíduos da Madeira (ARM), teve como objetivo que «a ALM e os seus deputados apliquem o princípio da economia circular, deixando de utilizar as garrafas de plástico e passando a utilizar garrafas de água de vidro, que além de poderem ser reutilizadas, diminuem a emissão de gases com efeito de estufa para a atmosfera e podem ser, ainda, enchidas com água de excelente qualidade que é a da Madeira».

Todos os gabinetes dos Membros do governo regional, incluindo a Presidência do Governo, já utilizam embalagens reutilizáveis de água. 

A aplicação de uma economia circular, além de um objetivo político, é um dever de todos, dado o impacto significativo na redução de emissão de gases com efeito de estufa para a atmosfera