Este site utiliza cookies para uma melhor experiência de navegação. Ao navegar está a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de cookies aqui.

Adesão dos vigilantes à greve foi de 17% e não de 90%

O IFCN volta a recordar que já foi apresentada uma proposta de carreira, que as partes já estiveram sentadas na mesma mesa de negociações e que o processo continua em sede de concertação social, algo que nunca aconteceu em território continental. 17-10-2018 Ambiente e Recursos Naturais
Adesão dos vigilantes à greve foi de 17% e não de 90% O Instituto de Florestas e Conservação da Natureza (IFCN), após ter feito levantamento, número e percentagens de adesão à greve dos Vigilantes da Natureza, com base na comunicação feita pelos próprios ao serviço, verificou-se que, dos 35 profissionais, apenas 6 usaram o seu direito à greve.
A adesão, contrariamente ao que foi passado para a opinião pública, foi de 17% e não de 90%.
 
O IFCN volta a recordar que já foi apresentada uma proposta de carreira, que as partes já estiveram sentadas na mesma mesa de negociações e que o processo continua em sede de concertação social, algo que nunca aconteceu em território continental.

O Instituto de Florestas e Conservação da Natureza reitera novamente a sua total disponibilidade para continuar a encontrar soluções que satisfaçam as aspirações do Vigilantes da Natureza e salvaguardem o interesse público.



Anexos

Descritores