Este site utiliza cookies para uma melhor experiência de navegação. Ao navegar está a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de cookies aqui.

Mais um Posto Florestal recuperado

Com este investimento, o Governo Regional recupera o património existente, garante melhores condições de trabalho ao Corpo da Polícia Florestal e garante maior eficiência na vigilância e fiscalização da floresta 24-10-2018 Ambiente e Recursos Naturais
Mais um Posto Florestal recuperado

A Polícia Florestal passa a dispor, desde hoje, de mais um Posto Florestal totalmente reabilitado. Trata-se do Posto Florestal da Casa Velha, no Santo da Serra, que foi visitado pela Secretária Regional do Ambiente e Recursos Naturais.

O investimento ascende aos 86 mil euros, 85% dos quais com financiamento comunitário, que englobou a substituição e reforço da cobertura, o isolamento térmico e acústico, a substituição das redes de água e esgotos, a colocação de novos equipamentos sanitários, a remodelação de toda a rede elétrica e de telecomunicações, a substituição de portas e janelas e a recuperação dos pavimentos interiores.

Com este investimento, o Governo Regional recupera o património existente, garante melhores condições de trabalho ao Corpo da Polícia Florestal e garante maior eficiência na vigilância e fiscalização da floresta.

Como se sabe, os postos florestais foram construídos em meados do século passado, e em virtude da sua localização têm vindo a ser sujeitos a condições adversas, que aceleraram a sua degradação e obrigaram, agora, a trabalhos de recuperação e/ou beneficiação.

Estas intervenções, que se consideram urgentes, são decisivas para devolver ao efetivo de guardas florestais condições de trabalho condignas e proporcionais à nobreza da sua atividade, reforçando significativamente a eficácia na prevenção e deteção de incêndios florestais.

Até ao momento, o governo já recuperou os Postos Florestais das Chapas (Porto Santo), do Pico das Pedras (Santana), da Fajã do Penedo (São Vicente), da Levada do Pico (Santa Cruz), do Poiso e da Casa Velha (Santa Cruz), do Cascalho (Santana) e as Torres de Vigilância no Rabaçal (Calheta) e no Pico do Suna (Machico).


Anexos

Descritores