Este site utiliza cookies para uma melhor experiência de navegação. Ao navegar está a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de cookies aqui.
Pesquisar

Centro de Investigação e Experimentação da Banana será inaugurado este ano

Secretário Regional de Agricultura e Desenvolvimento Rural acompanhou o arranque das obras 23-01-2020 Agricultura e Desenvolvimento Rural
Centro de Investigação e Experimentação da Banana será inaugurado este ano

O Secretário Regional de Agricultura e Desenvolvimento Rural deslocou-se à Ponta do Sol para acompanhar o arranque das obras de construção do Centro de Investigação de Experimentação da Banana da Madeira, um investimento da Empresa de Gestão do Sector da Banana (GESBA), no Lugar de Baixo, que ronda os 2,2 milhões de euros, que está a ser edificado num terreno com quase 14 mil metros quadrados e ficará concluído no final deste corrente ano.

“Tem por objetivo garantir e promover a pesquisa e experiências científicas, oferecer apoio técnico e formação contínua aos agricultores e produtores, bem como dar a conhecer a base cultural e histórica e as várias fases de produção, através de um núcleo museológico”, informou Humberto Vasconcelos.

No Centro de Investigação de Experimentação da Banana da Madeira serão construídos departamentos de apoio ao produtor, de qualidade e formação e de investigação, cultivadas várias parcelas de bananal e construídas duas estufas.

O núcleo museológico será interativo e vai permitir a todos os interessados acompanharem as diferentes fases de produção, numa lógica de valorização da história da Madeira, através um circuito entre os bananais, devidamente enquadrado pela recuperação dos tradicionais muros em pedra e das veredas agrícolas, típico das paisagens da ilha nas áreas de cultivo da banana, que poderão ser contempladas por visitantes e residentes, mormente estudantes, no âmbito de protocolos que a GESBA pretende celebrar com as escolas da Região.

Realce também para o método de mecanização que será implementado nas parcelas cultivadas, por intermédio de um sistema de cabos aéreos, que ajudará superar as dificuldades da orografia e permitirá aos produtores poupar tempo e esforço humano no transporte da banana.  


Anexos

Descritores