Este site utiliza cookies para uma melhor experiência de navegação. Ao navegar está a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de cookies aqui.
Pesquisar

Floresta vital para o abastecimento de água

Estudo aponta a precipitação oculta (precipitação com origem no nevoeiro) como elemento importante no abastecimento de água na Madeira. 23-03-2020 Ambiente, Recursos Naturais e Alterações Climáticas
Floresta vital para o abastecimento de água

A reflorestação e a limpeza da floresta que têm vindo a ser realizadas pelo Governo Regional apresentam consequências positivas que vão muito além dos impactos visuais e de manutenção do nosso património.

Numa época em que se começa a sentir com mais intensidade os efeitos das alterações climáticas, uma investigação demonstra que a água existente no nevoeiro quando é intercetada pela floresta acaba por alimentar várias nascentes que são utilizadas para abastecimento público e para rega.
De forma simples, o estudo publicado mostra como as nossas florestas têm a capacidade de reter as gotículas de água transportadas no nevoeiro, precipitando-as no solo criando o que se chama de precipitação oculta. Este tipo de precipitação só acontece na presença simultânea de vegetação, nevoeiro e vento. 
No trabalho de investigação intitulado “Stable isotopes in rain and cloud water in Madeira: contribution for the hydrogeologic framework of a volcanic island”, desenvolvido por uma equipa de cientistas da Universidade da Madeira, liderada pela atual secretária regional de Recursos Naturais e Alterações Climáticas, Susana Prada, publicado numa revista científica internacional, ficou demonstrado que a água subterrânea existente na Região provém quer da chuva quer da precipitação oculta - aquela que é captada pela floresta a partir do nevoeiro. Um documento “essencial para o conhecimento mais profundo do modelo hidrogeológico da ilha da Madeira e para o desenvolvimento de políticas sustentáveis dos recursos hídricos” lê-se no documento, que, numa perspetiva futura, prevê que este tipo de precipitação possa vir a “constituir uma relevante parcela de água para o abastecimento da Madeira”.
Elementos que demonstram a importância da reflorestação criteriosa e estratégica levada a cabo pelo Governo Regional nas zonas altas da Madeira, e da qual resultam contributos inequívocos e inquestionáveis para a segurança da população, para o aumento das reservas hídricas e para a valorização da nossa biodiversidade e da paisagem.

Anexos

Descritores