Este site utiliza cookies para uma melhor experiência de navegação. Ao navegar está a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de cookies aqui.
Pesquisar

Apresentado o Plano Estratégico para o Maracujá

Um dos objetivos passa pelo aumento da produção das atuais 140 toneladas para as 380 até 2021. 04-02-2016 Agricultura e Pescas
Apresentado o Plano Estratégico para o Maracujá

Foi apresentado na Secretaria Regional de Agricultura e Pescas o Plano Estratégico para o Maracujá. Os objetivos deste plano passam pelo aumento da área de produção em 4 hectares/ano durante 5 anos (até 2021), perfazendo um aumento total da área em 20 hectares nos próximos 5 anos,o que eleva a área total na Região a 43 hectares.

Passar das atuais 140 toneladas para as 380 (até 2021); duplicar anualmente o volume de expedição de maracujá fresco e da polpa do fruto e aumentar o rendimento dos produtores em cerca de 20%, são outros dos objetivos que estão contemplados no Plano.

Na ocasião, o Secretário Regional de Agricultura e Pescas, Dr. Humberto Vasconcelos, fez saber que apenas 7% da produção atual é destinado à exportação, situação que se pretende alterada, até para ir de encontro à elevada procura deste produto.

Os apoios através de fundos comunitários até 75%, nomeadamente através do PRODERAM2020, o constante apoio técnico no terreno e o apoio prestado pelo Microlab (através da disponibilização de plantas) foram outros assuntos abordados por Humberto Vasconcelos.

A apresentação deste Plano Estratégico ficou a cargo do Diretor Regional de Agricultura, Paulo Santos (em anexo).