Este site utiliza cookies para uma melhor experiência de navegação. Ao navegar está a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de cookies aqui.
Pesquisar

Governo Regional apoia financeiramente associações animais

Serão apoiadas 8 associações. 18-03-2019 Agricultura e Pescas
Governo Regional apoia financeiramente associações animais O Governo Regional, através da secretaria regional de Agricultura e Pescas, irá apoiar 8 associações de proteção animal sediadas na Região através de um apoio financeiro cujo valor total não deverá exceder os 120 mil euros.
Este é o culminar de um trabalho que começou em 2016 quando a Região esteve na vanguarda nacional de proteção animal após aprovar, através de decreto, a proibição de animais de companhia e errantes.
Segundo adiantou o secretário regional de Agricultura e Pescas, será criado, em breve, um regulamento que “dará seguimento à política implementada pelo Governo Regional para a causa animal. Depois de proibir o abate de animais, temos feito um grande trabalho no terreno e concretizado vários objetivos ao nível dos animais errantes”, referiu Humberto Vasconcelos. Segundo fez saber o secretário da tutela, o Governo já apoiou através   contrato-programa a ANIMAD no valor de 20 mil “pelo trabalho meritório que desenvolvem, nomeadamente através de esterilizações e recolha de animais para um espaço propriedade da ANIMAD”, disse sublinhando que o apoio irá abranger 8 associações, duas delas com instalações como é o caso da SPAD e ANIMAD. 
A partir de maio as associações podem usufruir desta iniciativa e manter a continuidade de vários trabalhos ao nível de programas de esterilização e de várias despesas do dia-a-dia das coletividades.
Por agora são 8 as instituições que beneficiam deste regulamento, mas o governo diz que está disposto a ajudar e apoiar “as associações que mostrem um trabalho em prol dos animais e da sociedade”.
Recorde-se que a secretaria regional tem também realizado várias formações de sensibilização para os cuidados a ter com os animais de companhia que já envolveu cerca de 1830 alunos de várias escolas da Região. Ao mesmo tempo a Escola Agrícola da Madeira realizou recentemente dois cursos que abordam este tema.


Anexos

Descritores