Educação cria “via verde” dos alunos para a Saúde

Protocolo entre SRE e SRS promove eficiência no acesso aos diferentes serviços. 27-06-2018 Educação
Educação cria “via verde”  dos alunos para a Saúde

As Secretarias Regionais de Educação e da Saúde celebraram, terça-feira (26 de junho), um protocolo tendo em vista a colaboração ativa entre os serviços de saúde e os serviços de educação da Região Autónoma da Madeira (RAM), com vista a proporcionar vigilância na saúde a crianças e jovens sinalizados em ambiente escolar.

 

O documento, subscrito pelos Secretários Regionais de Educação e da Saúde, Jorge Carvalho e Pedro Ramos, respetivamente, sistematiza e estabelece um fio condutor às práticas que já vinham sendo realizadas. «Este protocolo cria o que se pode chamar de uma “via verde” para que todos aqueles que estão integrados no sistema educativo da RAM possam beneficiar de forma atempada e mais eficiente dos serviços de saúde», sintetizou o governante com a pasta da Educação, considerando fundamental a educar para a saúde e pela saúde. «Ao educar e sensibilizar os jovens para as práticas e condutas assertivas e preventivas, a resposta da saúde torna-se mais eficiente. Essa é uma das premissas do Governo Regional: termos uma sociedade mais capaz, mais saudável e, acima de tudo, mais competente do ponto de vista dos seus comportamentos.»

 

O protocolo procura ir mais longe ao envolver os encarregados de educação e os conselhos diretivos dos estabelecimentos de ensino. «São dois aspetos fundamentais: a sensibilização dos encarregados de educação, porque infelizmente um número significativo deles não passaram pelo processo formativo que hoje é possível aos seus educandos passar, e dos órgãos de gestão das escolas que, percebendo a importância desta articulação entre os sistemas da Educação e da Saúde, facilitam a intervenção nos estabelecimentos de ensino e permitem um outro tipo de apoio aos seus alunos», concretizou Jorge Carvalho.