Este site utiliza cookies para uma melhor experiência de navegação. Ao navegar está a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de cookies aqui.
Pesquisar

N.º 58 - Desafios da educação num cenário pós-pandemia

janeiro a julho de 2021 27-08-2021 Direção Regional de Educação
N.º 58 - Desafios da educação num cenário pós-pandemia

Há pouco mais de um ano, a pandemia da COVID-19 “obrigou” a adoção de medidas de saúde pública fortemente restritivas na maior parte dos países do mundo, como o encerramento das escolas e o confinamento de grande parte da população, numa experiência com implicações e consequências desconhecidas para a maioria das pessoas e num desafio sem igual ao nível da sociedade.

Este número da Revista Diversidades, com a temática sobre “Desafios da Educação num cenário pós-pandemia”, apresenta um diversificado conjunto de artigos, reflexões e análises centrado no processo educativo numa “Era Pós-COVID-19”, tendo em conta os contributos sobre a visão mais conceptual da escola digital, sobre o uso das tecnologias digitais, sobretudo na essência da sua razão de ser: a aprendizagem; sobre “o papel insubstituível dos professores e as ideologias relacionadas com a conectividade, a digitalização e a dataficação”; sobre o que representa promover “uma transformação pedagógica” a partir da experiência do período do “ensino remoto de emergência”; sobre o “como e onde podemos intervir - em contexto educativo- para mitigar os efeitos após a pandemia”, sobretudo, garantindo que ninguém fica para trás, ou seja, garantir que se continua a construir e a trabalhar no sentido de uma Educação verdadeiramente inclusiva; sobre o “repensar a “Escola” com integração digital em ambientes presenciais - Modelos Híbridos de aprendizagem”; sobre o impacto desta realidade pandémica no bem-estar e saúde mental de crianças e adolescentes.

Mais de um ano depois, continuamos a tentar perceber os efeitos e as implicações da COVID-19... que certamente irão fazer-se sentir mesmo depois de controlada a pandemia, mas importa atender, sobretudo, aos enormes desafios que esta situação colocou e continua a colocar à Educação, no sentido de proporcionar a todos os alunos a aquisição e o desenvolvimento de competências criativas, colaborativas e de resolução digital de problemas que lhes permitirão ter sucesso no futuro. “Assim, o grande desafio da “Escola” do presente, é transformar a cultura tradicional do professor (transmissor) e do aluno (que obedece) para um modelo ativo e mais participativo. É um processo mais complexo, que exige mais tempo e dedicação para o desenho da intenção pedagógica ativa, o acompanhamento personalizado e uma avaliação mais participativa”.

 

Marco Gomes

Diretor Regional de Educação